ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: HP DeskJet Ink Advantage 3776

Descrita como a menor impressora multifuncional do mercado, HP trocou o scanner de mesa por uma de fax, o que reduziu dramaticamente o seu tamanho.

A HP Inc. anunciou ontem (15) a chegada no Brasil da sua mais nova impressora do tipo All-in-One (AiO) — a Deskjet Ink Advantage 3776 — um modelo compacto que preserva todas as funcionalidades de uma multifuncional de linha (imprimir, copiar e digitalizar) para usuários finais.

deskjet_advantage_3776_frente

Para realizar essa façanha, a HP substituiu o tradicional scanner de mesa por um modelo de folhas soltas (aquele tipo muito usado em aparelhos de fax) com resolução nativa de 600 ppp em cores de 24 bits e capacidade de ler documentos de até 216 x 355 mm …

deskjet_advantage_3776_scanner

… o que permitiu reduzir dramaticamente suas dimensões físicas (40,3 x 14,1 x 17,7 cm — LxAxP)…

deskjet-ink-advantage-3636-comparado1

… principalmente se comparado com uma multifuncional de linha como a HP DeskJet Ink Advantage 3636 (43,8 x 15,8 x 31 cm — LxAxP):

deskjet-ink-advantage-3636-comparado2

O desempenho da nova 3776 (19 ppm em preto e 15 ppm em cores no modo rascunho) é bem parecido com o da 3636 (20 ppm em preto e 16 ppm em cores no modo rascunho), o que nos leva a crer que ambas compartilham o mesmo mecanismo de impressão, ciclo de trabalho mensal (até 1.000 páginas) e até cartucho de tinta, a HP 664 (~120 impressões em preto/~100 em cores) ou a HP 664 XL (~480 impressões em preto/~330 em cores) o que não é o maior rendimento do mercado, principalmente se comparado com a HP DeskJet Ink Advantage Ultra 4729.

Apesar disso, o volume mensal de páginas recomendado para a nova 3776 é ligeiramente menor (50 a 200) se comparado com a 3636 (100 a 250), o que também nos leva a crer que ela seja voltada para um perfil de uso mais casual do que intenso.

De fato, a própria HP informa que essa nova DeskJet é ideal para consumidores preocupados com estilo, mobilidade e em estar sempre conectados, o que inclui os chamados “nativos digitais” (sic) que desejam imprimir diretamente do celular com iOS ou Android, contando para isso com uma série de aplicativos móveis e uma interface Wi-Fi 802.11 b/g/n incorporada, além da tradicional USB 2.0 para ligá-la a um PC.

Observamos porém que, apesar de todo esse apelo móvel, a 3776 não exatamente um equipamento “portátil” já que ele pesa 2,33 kg, não possui alça de transporte, é tão largo e alto quanto a 3636 e não possui bateria integrada, ou seja, ela só funciona ligada na tomada.

deskjet-ink-advantage-3636-painel

Na nossa opinião, a troca do scanner de mesa pelo de folhas soltas tem lá suas vantagens e desvantagens. A mais óbvia delas é a economia de espaço (quase 50% na profundidade) o que pode ser um grande atrativo até para os usuários mais “imóveis” que gostariam de ter uma impressora ao lado do seu PC mas não dispõem de muito espaço livre nas suas mesas de trabalho, tanto em casa, no trabalho ou até mesmo numa loja/quiosque de atendimento.

Já a grande desvantagem é que ele pode não ser a melhor solução para digitalizar documentos “volumosos” como a página de um livro ou revista. Fora isso, não nos parece que sua entrada de documentos aceite mais de uma folha por vez.

O curioso é que não é a primeira vez que a HP lança uma multifuncional “compacta” com scanner de folhas soltas. No passado a HP produziu diversos modelos da linha OfficeJet como este J3680 de 2008 que estava mais para um aparelho de fax com impressora a jato de tinta (o que também viabilizava a função de scanner e cópia), o que era uma proposta de valor bem interessante para aquela época.

hp-officejet-j3680

O preço sugerido da nova DeskJet Ink Advantage 3776 é de R$ 599. Mais informações aqui e aqui.

Ainda em tempo:

Vale a pena lembrar que se espaço não for problema e você preferir um scanner de mesa, a DeskJet Ink Advantage 3636 ainda pode ser encontrada no próprio site da HP Brasil pela bagatela de R$ 399 ou até menos em outras lojas dentro e fora da web:

HP DeskJet 3636a

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Seu Madruga 17/09/2016, 17:01

    E o Review da Canon g3100 e linha tanque de tinta brother?! Sai ou não sai?! Anciosos para tais!!

    • Mario Nagano 19/09/2016, 09:22

      Calma seu Madruga…

      O Ztop + Zumo é uma operação tocada por apenas duas pessoas e fora a fila de produtos esperando por reviews ainda tem as entrevistas, reuniões, eventos locais e internacionais que cobrimos e isso sem falar nas fofocas que ouvimos no mercado).

      E como a gente não copia press-release, tudo leva tempo para ficar pronto, entendes?

      • Seu Madruga 19/09/2016, 15:21

        Sabe, até me candidataria para tal. Mas, sigo meu velho ditado: “Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar!”

  • Haadok 17/09/2016, 22:24

    Não há nada que o capitalismo não consiga produzir pior para ter mais lucro.

  • Leonardo Carneiro 26/09/2016, 08:34

    Preciso comprar uma impressora até o fim do ano (vou ficar desempregado e não vou mais poder usar a impressora do trabalho) e essa aí parece uma impressora ok pra mim. Não vou imprimir nem escanear fotos, apenas ocasionais documentos. Provavelmente não vai dar nem 50 páginas por mês. Como moro em apErtamento, acho que é uma boa. Alguém sabe se eu consigo escanear documentos “duros” como o cartão do CPF nesse escaner?

    • Mario Nagano 04/10/2016, 17:01

      Não, mas você pode capturar uma foto do cartão no smartphone e transmiti-la para a multifuncional usando uma app da HP.

      Mas para mim, a não ser que você more em um apê muuuito apertado, ainda acho que a DeskJet Ink Advantage 3636 é uma opção bem mais versátil e muito mais em conta. E isso sem falar que ele escaneia seus documentos “duros”

      • Leonardo Carneiro 04/10/2016, 17:04

        Pois é. Fiz a pergunta é já me toquei. Até tenho aqueles aplicativos que “deformam” as fotos para enquadrar o documento.