ZTOP+ZUMO

HP 2680A: quando uma impressora laser custava US$ 120 mil

A Xerox inventou a impressão a laser em 1969 (e a posterior revolução do desktop publishing e a ascensão e queda da Apple pré-1984, mas isso é outra história). Ontem, andando pela sede de impressoras da HP em Boise, a companhia mantém um pequeno museu da impressão, e seu primeiro modelo comercial para concorrer com a Xerox, lançado no final de 1980, está em demonstração. 

A 2680A, com incrível resolução de 180 pontos por polegada e velocidade de impressão de 45 páginas por minuto, ainda usava formulários contínuos para imprimir em formato A4. Seu codinome era EPOC, ou “electrophotographic printing on computer”.

DSC03575

Seu desenvolvimento começou cinco anos antes do lançamento, e uma pasta com fac-símiles de documentos da época mostra as tentativas e erros do projeto. Só em 1977 a HP conseguiu imprimir alguma coisa – uma linha reta (!):

DSC03619

Em detalhe:DSC03616

Mas em pouco mais de um mês, já imprimia algo que parece… instruções em alguma linguagem de programação.

DSC03615

Para ser lançada oficialmente no final de 1980 (tem uma ou outra pessoa nessa foto abaixo que ainda trabalha na HP em Boise):

DSC03593

Por um preço médio sugerido de… US$ 120 mil. Segundo o HP Computer Museum, a 2680 vinha sem software, e cada pacote adicional custava entre US$ 5 mil e US$ 7,5 mil.

DSC03628

E a EPOC vendeu cerca de 1.500 unidades até seu fim do ciclo de vida, em 1987 (também segundo o HP Museum). O conceito da impressora moderna, porém, já estava ali: papel abaixo, uma bandeja/correias para movimentar o papel e controles manuais.

DSC03591

Só para ligar, era preciso se abaixar e ir até o fundo para pressionar o botão:

DSC03621

As correias e o mecanismo de alimentação:

DSC03626

Uma visão geral da parte inferior da impressora:

DSC03585

E todos os controles eram manuais, para avançar o papel…

DSC03611

Zerar contadores, com direito a “cola de atalhos” no painel:

DSC03607 DSC03606

Avanço do papel:

DSC03603

E esse é o meu comando favorito: da espessura do papel.

DSC03602

Reza a lenda que, poucos anos atrás, quando o pessoal da HP em Boise resolveu montar o museu, não encontraram em lugar nenhum dentro de casa. Foram ao eBay, também não acharam. Até que alguém do almoxarifado lembrou que um exemplar estava esquecido em um depósito, mofando. E é esse aí – que não funciona mais, claro. O pessoal diz que “parecia um avião decolando” quando a HP 2680A estava funcionando.

Mas apesar de poderosa para a época, a 2680 foi substituída logo pelo seu modelo de mesa, a primeira HP Laserjet (codinome SPROUT), lançada em 1984:

DSC03560

Era bem mais barata: apenas US$ 3.495 no varejo, e a HP diz que vendeu mais de 250 mil unidades. E já tinha a cara de uma impressora atual.

DSC03562

Disclaimer: ZTOP se hospeda em Boise e volta ao Brasil com despesas pagas pela HP. Todas as opiniões são nossas.

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin