Hands On: TV de Plasma Panasonic Viera TC-42X10B

H

viera_tc42x10b_intro2

Este Zumo passou algum tempo com a nova TV de Plasma de 42″ da Panasonic modelo Viera TC-42X10B, que faz parte da sua linha de produtos para 2009 e que vai substituir o Viera TH-42PV80LB como o modelo de entrada com resolução HD 720p (1.024×768 pixels) da empresa. Quais são as diferenças? Descubra depois do clique.

À primeira vista, a 42x10B não parece ser muito diferente da sua antecessora com suas linhas retas e acabamento em black “não-olha-feio-que-eu-risco” piano, base retangular de construção sólida e a adição de algumas siglas transadas, como na traseira dos carros:

viera_tc42x10b_marcas

Para facilitar as coisas, preparei uma pequena tabela de características comparando os recursos do atual Viera TH-42PV80LB e do novo TC-42X10B:

viera_tc42x10b_specs

O que podemos ver por essas especificações (fornecidas pelo fabricante) é que TC-42X10B é praticamente idêntica a sua antecessora em termos de peso e tamanho. Entretanto, notamos melhoras muito interessantes no seu painel de plasma (ainda feito no Japão), que além de ter melhorado significativamente os níveis de contraste e graduação de cores, consome 16 % menos energia que o modelo anterio, o que é algo muito bem vindo em tempos de produtos verdes, mas que ainda fica bem acima dos modelos com tecnologia LCD, como a nova  Viera TC-42LZ80LB, que consome apenas 206 watts.

Vale a pena observar que, para economizar energia, a Viera possui diversas funções que podem ser usadas para desligar automaticamente a TV caso ela passe 10 minutos sem receber nenhum sinal de vídeo, 3 horas sem receber nenhum comando do controle remoto e isso sem contar com o tradicional modo soneca, algo útil para aquelas pessoas que costumam esquecer a TV ligada.

De um certo modo, a TC-42X10B adotou algumas soluções que já tinha visto na TC-42LZ80LB que, por sinal, não foram muito do meu agrado. Uma delas foi o reposicionamento das conexões temporárias (como câmeras, videogames ou fones de ouvido) e os controles da TV, que antes ficavam na parte da frente da TV escondidos atrás de uma portinha…

viera_painel_front

… e que no novo modelo moveram-se para as laterais esquerda e direita do aparelho. Não estranhe a nomenclatura dos botões do lado direito. Como o modelo que recebemos ainda era um protótipo de pré-produção, essa identificação não é definitiva. Representantes da empresa nos explicou que isso já foi corrigido na versão final que vai para as lojas e a nomenclatura correta pode ser conferida aqui. A entrada de som vinda do PC agora fica mais clara, já que na versão anterior ela era compartilhada com o Video 2.

viera_tc42x10b_controles

Resta na frente apenas o botão geral de liga/desliga, o sensor do controle remoto infravermelho, o sensor de luz ambiente do sistema (C.A.T.S.)  e o LED de estado de funcionamento.

viera_tc42x10b_liga

Também notei uma boa diminuição das portas de entrada de vídeo, já que o novo modelo vem com apenas uma entrada de video-componente, uma SVideo e duas HDMI, contra dois video componente, dois SVideo e três HDMI de seu antecessor. Isso pode espantar alguns entusiastas que cada vez mais consomoem equipamentos digitais com saída de alta definição, como reprodutor de DVD com upscaling / blu-ray, receptor de TV Digital aberta ou a cabo (ou ambas),  filmadora, câmera ou até mesmo um videogame de última geração.

viera_tc42x10b_painel_traseiro_small

Mas nem tudo é desvantagem nesse novo modelo. Além do painel melhor e mais econônico, um dos grandes atrativos dessa nova Viera é seu suporte para vídeo AVCHD, padrão muito usado pelas novas filmadoras digitais em Full HD que gravam seu conteúdo em cartões SD/SDHC. Para isso, a TC-42X10B conta com um slot SD que é capaz de reproduzir esse formato de vídeo diretamente na TV, do mesmo modo que ele fazia anteriormente com fotos. Assim a empresa proporciona uma maior interação entre sua TV e outros produtos digitas da casa, como suas câmeras e filmadoras. Infelizmente, ela não é capaz de reproduzir outros formatos mais populares e ainda muito usados em câmeras digitais, como o .AVI, .MOV, XviD ou MP4.

viera_tc42x10b_slot_sd

Uma coisa que gostei muito na nova TV foi seu controle remoto, cujas funções foram revisadas e o layout dos botões reorganizado:

viera_tc42x10b_cont_remoto_small

Se comparado com o modelo anterior (embaixo), o novo controle ficou ligeramente maior e o controle de equipamentos externos (obviamente da Panasonic) como DVD, blu-ray, videocassete etc. agora é programado por códigos. Mas para mim a melhoria mais importante foi a concentração dos controles mais usados — como canal, volume e os botões de seleção e navegação — na parte de cima do controle remoto, o que torna o seu uso muuuito mais confortável (yay!)

viera_tc42x10b_cont_remoto_detalhe

Entre as novidades no layout estão os novos comandos colocados ao redor das teclas de navegação, que dão mais destaque para o controle Viera Link (controle de equipamentos externos via HDMI), o acesso ao cartão SD e o novo comando Viera Tools, que funciona como um menu rápido para algumas funções apresentadas diretamente na tela da  TV:

viera_tc42x10b_viera_tools

Destes, talvez o único que não possui um botão no controle remoto é o chamado Modo Game, um ajuste de imagem específico para videogames. Uma das curiosidades desse modo é que ele possui um timer que conta o tempo passado nesse modo e apresenta um aviso na tela a cada 30 minutos, de modo que é posivel medir o tempo passado jogando. Entre as diversas opções de configuração e ajustes, existe agora uma curiosa regulagem de som que leva em consideração a distância a TV em relação à parede. Agora também é possível renomear cada entradas de sinal com um label pré-definido como DVD, Blu-ray, PC, Cabo, Receptor etc. De resto, os modos de configuração e de uso da nova Viera não diferem muito da versão anterior, ou seja, simples e direto. Nada de timer para ligar e desligar o aparelho em determinadas horas, modos Picture-in-picture, equalizador de som etc.

Na minha opinião, a Viera TC-42X10B cumpre a promessa da Panasonic em manter um plasma com resolução HD no mercado ao mesmo tempo que introduz novos modelos já em Full HD 1080p, incluindo o impressionante modelo TH-42PZ80LB (R$ 3.499) de 42″ ainda com 3 portas HDMI e o primeiro plasma da empresa já equipado com sintonizador de TV digital embutido. Mas talvez por causa disso, a empresa optou por “simplificar” o TC-42X10B, aumentando um pouco mais as diferenças entre os dois modelos. Assim, acredito que o público alvo do TC-42X10B seja aquele consumidor que esteja adquirindo sua primeira TV de plasma e esteja interessado num modelo de marca, tecnologia de ponta e um precinho camarada.

Sob esse ponto de vista, o Viera TC-42X10B pode ser uma boa escolha, apesar de que seu antecessor — o Viera TH-42PV80LB — não deixou de ser uma uma opção menos atrativa, tanto pelo seu maior número de entradas de vídeo quanto pela tendência de seu preço cair ainda mais com a chegada dos novos modelos da linha 2009. Na minha opinião não vale a pena, por exemplo, passar um Viera TH-42PV80LB para frente somente para trocá-lo por uma TC-42X10B. Para mim, isso só faz sentido se for para migrar para o novo modelo TH-42PZ80LB Full HD e mesmo assim com muuuita dor no coração.  >;^)

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos