ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Hands-on: Sony NEX-C3 (bônus track: Adriane Galisteu)

A Sony anunciou hoje durante a Photoimage Brazil o lançamento da câmera semiprofissional NEX-C3, novo modelo com lentes intercambiáveis e estupidamente leve e fina. O equipamento será fabricado no Brasil, na fábrica de Manaus, e terá preço sugerido de venda de R$ 1.999 (kit com flash e lente 18-55 mm).

A NEX-C3 é a irmã mais nova da linha NEX (já vimos a NEX-3 e NEX-5 no ano passado) e foi anunciada em julho lá fora. O conceito das câmeras NEX é que elas sejam compactas no corpo (de apenas 225 gramas) e com capacidade de trocar de lentes.

As configurações da NEX-C3 incluem com um sensor APS HD CMOS capaz de capturar imagens de 16,2 megapixels e vídeo em HD (720p), tela de 3″ e uma bateria que dura até 400 cliques, segundo a fabricante.

Com a NEX-C3, a Sony também lança uma nova interface para novatos em câmeras digitais, chamada “Photo Creativity”, que troca termos técnicos como ‘abertura’, ‘exposição’ e ‘balanço de branco’ por ‘desfocar o fundo’, ‘brilho’ e ‘cor’. Um modo tradicional estará disponível, diz a Sony, assim como um recurso novo de filtros de imagem chamado “Picture Effect” (pense num Instagram para a câmera digital!).

Vamos às fotos?

Com o flash “aberto” e ligado (para desligar, basta abaixar). O flash é removível e pode ser substituído por outros acessórios opcionais, como um microfone estéreo.

 

Como nas NEX originais, não existe visor óptico, só o digital (que é móvel)

Outra mudança – agora bateria e cartões de memória (SD e MemoryStick) ficam em compartimentos separados:

E o slot de cartões:

A NEX-C3 vista de lado:

 

E, pela falta de botões (óbvia), todos os controles são feitos na com o dial lateral e os botões que comandam a tela:

E, como prometido, a Galisteu, garota-propaganda do lançamento da Sony NEX-C3 no Brasil:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Gostaria de ver um review powered by Zumo dessa NEX aí 😉

    • henriquem

      já pedi uma 🙂

  • Hugo Leonardo

    [2] Eu também gostaria de ver. O Zumo para mim é a equipe que faz os melhores reviews e previews no Brasil. Ricos em detalhes e ricos em imagens, show de bola.

  • Rafael Zuccolotto

    A Sony NEX-C3 não é uma câmera semi-pro nunca! Não é porque ela tem lente intercambiavel que podemos chama-la de semi-pro. Seria o mesmo que chamar as Canon Rebel (T3i, T2i …..) de semi-pro, elas são todas amadoras. Não são amadoras pela qualidade de imagem, mas pela robustes de contrução e durabilidade, fatores extremamente importantes para profissionais. Uma semi-pro que se preze deve ter pelo menos um bom corpo de liga de magnésio.

    • Francisco

      Semi-Pro não é Pro querido, por mais que você queira… Semi-pro é um limbo! Pra mim, a 7D é semi pro, por mais que você possa chiar… Assim como a Nex-C3 também é!!! Semi-pro é qualquer coisa que não é ridiculamente amadora nem estritamente profissional, ou seja, é MUITA coisa…

      Câmera profissional só pode ser de liga de magnésio? Que tal a 5D Mark II que tem o exterior de liga de magnésio, mas o esqueleto interno é do bom e velho aço?

      Não foowdjer… Pseudo tecnólogo…

      • mnagano

        IMHO a definição de "câmera profissional" é qualquer equipamento que capture uma imagem/vídeo capaz de gerar uma imagem que possa ser vendida. Prova disso está nos noticiários da TV que não torcem o nariz para cenas capturadas por telefones celulares por mais "amadoras" que possam parecer.

        O que acontece aqui no Brasil é que para um fotógrafo ser (ou achar que está sendo) levado a sério precisa ter uma Canon e/ou Nikon pendurada no pescoço, de preferência com uma power grip e uma baita lente zoom balançando na frente no melhor estilo "o meu é maior que o seu".

        Nada contra os modelos topo de linha, mas acho que as pessoas deveriam ser respeitadas mais pelo seu talento em capturar boas imagens do que pelo equipamento que eles usam.

  • Srs,

    tb aguardando um mega-review by Zumo!

    Mas, adiantando, sabem o peso dela? E que lentes acompanham esse corpinho (o da máquina)? E qual o tamanho do sensor?

    Vou abusar um pouco da amizade e pedir pra vcs um resumo de cameras igual a esse aqui.
    Vcs conhecem o cenário brasileiro, preços e qualidade das cameras – além de serem os mais legais do bairro! ^.^

    Seria possível?

    Gostaria de investir no hobby e sair das point&shot – apesar de fazer ótimas gambiarras no modo Manual…

  • Dorival

    Poxa, nenhum preview (ou, melhor ainda, review) da Fuji HS20 EXR???

  • Pingback: Samsung NX11, Nikon Cooplix L120, Sony HDR-PJ10: outras câmeras da Photoimage()

  • Pingback: Números enormes: Sony NEX-7 e seus 24,3 megapixels (!)()

  • Pingback: Fujifilm X-S1 sai em janeiro()

  • Pingback: Review: câmera Sony NEX-C3()