Hands-on: Sony NEX-C3 (bônus track: Adriane Galisteu)

H

A Sony anunciou hoje durante a Photoimage Brazil o lançamento da câmera semiprofissional NEX-C3, novo modelo com lentes intercambiáveis e estupidamente leve e fina. O equipamento será fabricado no Brasil, na fábrica de Manaus, e terá preço sugerido de venda de R$ 1.999 (kit com flash e lente 18-55 mm).

A NEX-C3 é a irmã mais nova da linha NEX (já vimos a NEX-3 e NEX-5 no ano passado) e foi anunciada em julho lá fora. O conceito das câmeras NEX é que elas sejam compactas no corpo (de apenas 225 gramas) e com capacidade de trocar de lentes.

As configurações da NEX-C3 incluem com um sensor APS HD CMOS capaz de capturar imagens de 16,2 megapixels e vídeo em HD (720p), tela de 3″ e uma bateria que dura até 400 cliques, segundo a fabricante.

Com a NEX-C3, a Sony também lança uma nova interface para novatos em câmeras digitais, chamada “Photo Creativity”, que troca termos técnicos como ‘abertura’, ‘exposição’ e ‘balanço de branco’ por ‘desfocar o fundo’, ‘brilho’ e ‘cor’. Um modo tradicional estará disponível, diz a Sony, assim como um recurso novo de filtros de imagem chamado “Picture Effect” (pense num Instagram para a câmera digital!).

Vamos às fotos?

Com o flash “aberto” e ligado (para desligar, basta abaixar). O flash é removível e pode ser substituído por outros acessórios opcionais, como um microfone estéreo.

 

Como nas NEX originais, não existe visor óptico, só o digital (que é móvel)

Outra mudança – agora bateria e cartões de memória (SD e MemoryStick) ficam em compartimentos separados:

E o slot de cartões:

A NEX-C3 vista de lado:

 

E, pela falta de botões (óbvia), todos os controles são feitos na com o dial lateral e os botões que comandam a tela:

E, como prometido, a Galisteu, garota-propaganda do lançamento da Sony NEX-C3 no Brasil:

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos