Hands-on: Sony Ericsson Xperia X10

H

Finalmente a Sony Ericsson traz ao Brasil o Xperia X10, seu primeiro Android. As especificações já eram conhecidas dos leitores deste Zumo, e o aparelho chega às lojas esta semana, com exclusividade da operadora Vivo. E o preço não é ruim não.

O X10 vem com Android 1.6 e tem a maior tela (até então) do mercado. Mexi rápido com um e a impressão foi de lidar com um mini tablet, de tão incrível a tela de 4 polegadas (tem o lance de mediascape/timescape, que integram mídias sociais blablabla whiskas sachê ao aparelho, como o MotoBlur ou Sense, mas isso fica pra um review futuro). O touchscreen responde rápido (agradeça ao processador de 1 GHz Snapdragon da Qualcomm) e a câmera é de… 8,1 megapixels. O modelo que mexi era o branco, mas a versão em preto será a primeira a ser lançada por aqui.

A Vivo promete o X10 a R$ 999 em um plano de 100 minutos/mês + 50 MB de dados (mensalidade em torno dos 114 reais). No pré-pago, vai sair pelo preço sugerido de R$ 1.899. Preço barato é consequência da fabricação no Brasil, e os X10 mini/mini pro têm previsão de lançamento para junho. Se for pensar direito, o valor é um pouco maior do que oferecido para o Motorola Milestone, até então favorito da casa no mundo Android.

Update:  pra quem está reclamando do 1.6, a Sony Ericsson já disse que o bichinho será atualizável em breve.

Nagano comenta: SnapDragon de 1 GHz, câmera de 8,1 megapuxels,  tela de 4 polegadas, R$ 1.899 no pré-pago… Caramba, isso tá começando a parecer a história dos netbooks que nasceram como notes de brinquedo com tela de 7 polegadas e hoje já podem ser encontrados com tela de 12 polegadas e até gravador de DVD embutido.

Como o Henrique já comentou, esse X10 mostra uma tendência dos smartphones se tornarem pequenos terminais de dados sempre conectados na internet do que telefones propriamente ditos. Acho que até a fabricante percebeu isso e já anunciou o X10 mini para aqueles que preferem algo mais com cara de celular.

Ele  seria um belíssimo sucessor para o meu Nokia N810 (nham, nham). Pena que não venha com teclado embutido como no Milestone, seria o melhor nerdphone do mercado.

Muitas fotos do X10:

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos