ZTOP+ZUMO

Hands-on: Smartband Acer Liquid Leap+

Dispositivo wearable da Acer oferece uma interessante pacote de recursos para um produto na sua faixa de preço.

Lançado durante a última MWC 2015, o Liquid Leap+ da Acer é uma versão atualizada da versão original

Acer_Liquid_Leap_overall

… que agora permite que o usuário troque a correia por outras de cor diferente:

Acer_Liquid_Leap_bands

Segundo a Acer, este produto representa um dos extremos da sua estratégia global intitulada BYOC (Build Your Own Cloud), um ecossistema multiplataforma baseado em soluções com telas à partir de 1″ (wearables) até 100″ (projetores multimídia) o que mostra que — apesar na sua ênfase na plataforma de PCs — a empresa não ignora outras tendências do mercado:

Acer_Liquid_Leap_BYOC

De fato, uma estratégia para este produto é que ele seja “agnóstico” em relação ao sistema operacional, podendo funcionar tanto na plataforma Android quanto iOS e até Windows 8:

Acer_Liquid_Leap_SOs

Durante o último anúncio de novos produtos para o Brasil, a Acer não incluiu o Liquid Leap+ na lista — ou seja — ainda não sabemos se ele vai chegar oficialmente por aqui.  De qualquer modo, recebemos um para brincar e achamos ele tão interessante que resolvemos fazer um pequeno hands-on:

Acer_Liquid_Leap_box

O produto em si é formado pelo dispositivo propriamente dito, o módulo de recarga + cabinho USB e algum material impresso como guia rápido de uso, garantia etc.

Acer_Liquid_Leap_unbox

Tecnicamente falando, o Liquid Leap é um monitor de exercícios (ou Fitness Tracker) daquele tipo que conta os passos que você deu num dia, quantas calorias queimou etc.

Mas ao contrário dos smarbands mais simples que possuem apenas um sensor, bateria, memória e porta USB o modelo da Acer incorpora algumas funções de smartwatch como a capacidade mostrar a hora (duh!) e, caso ele esteja conectado com o smartphone via Bluetooth, ele também pode receber alertas de recebimento de ligações de voz e de mensagens SMS que podem ser visuais ou vibratórios.

Daí, a empresa chamá-lo de Fitness Watch.

Como era de se esperar de uma big player do mercado, a sua apresentação e acabamento são muito bons e, medindo apenas 1,73 x 24,31 x 0,99 cm (LxAxP aberto, com a correia esticada) e 18 gramas de peso, faz dele um acessório que não faz muito volume ou incomoda no pulso.

Acer_Liquid_Leap_device

Fora isso, com a pulseira preta ele até que é bastante discreto (o que pode ser uma vantagem em algumas geografias), mas isso também pode ser facilmente mudado com o uso das correias extras que já acompanham o produto:
Acer_Liquid_Leap_bands2

Essa correia possui um fecho metálico formado por dois pinos que são se fixam nos furos como se fossem dois rebites. É preciso um pouco de prática (ou mais exatamente alguma pontaria e força nos dedos) para prender corretamente esse fecho, mas feito de maneira correta, o dispositivo mantém-se firme no lugar.

Acer_Liquid_Leap_fivela_2

Eu particularmente achei esse fecho bastante eficiente e efetivo, apesar de que não gostei do seu acabamento em aço escovado porque ele tende a riscar com o uso:

Acer_Liquid_Leap_fivela_1

Um dica interessante para aqueles que não estão acostumados a usar esse tipo de acessório é de não apertar muito a correia, mantendo assim uma folga que deixe por exemplo, que um dedo passe por entre a correia e o pulso. Isso permite que a pele respire, evitando assim a formação de suor e irritações localizadas.

Acer_Liquid_Leap_fivela_3

O módulo em si mede apenas 0,44 x 0,18 x 0,09 mm (LxAxP) e 7 gramas de peso e abriga um processador ARM Cortex M0, 16 KB de RAM + 256 KB de memória Flash, acelerômetro, interface Bluetooth 4.0 LE (Low Energy) e uma bateria de polímero de lítio com autonomia estimada de 120 horas de uso contínuo ou 240 horas em stand-by.

Acer_Liquid_Leap_module2

Sua pequena tela monocromática de 1″ e resolução nativa de 128 x 32 pixels é do tipo OLED (70 Lux de brilho) e fica protegida por baixo de uma tela touchscreen do tipo capacitivo + vidro com “nível de dureza 6H” (aparentemente baseado na escala de Mohs).

Acer_Liquid_Leap_module1

Seu gabinete atende à certificação IPX7, que protege contra respingos e até exposição acidental a água, sendo que sua única parte exposta são quatro conectores eletrônicos localizados na base…

Acer_Liquid_Leap_module3

… que são usados pela sua base de carregamento…

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt1

… equipado com uma porta USB Micro (a mesma usada nos smartphones):

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt2

Fora isso esse acessório também possui um botão de Reset (acionável com o uso de um objeto fino e longo como um clipe de papel) que reinicia o dispositivo.

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt3

Para instalá-lo, basta alinhar os conectores elétricos e o pino de alinhamento e encaixar o mesmo como se fosse um bloquinho de Lego.

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt4

Para removê-lo basta puxar a aba (à esquerda) para cima como se estivesse abrindo uma garrafa de cerveja:

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt5

E com essa peça no lugar, basta ligá-lo num PC (usando o cabo incluso) ou carregador de celular. Observamos que essa conexão não é usada para trocar dados com o PC, já que isso é feito via Bluetooth, incluindo a atualização de firmware.

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt6

Segundo a Acer, o tempo máximo de recarga é de aproximadamente 90 minutos, mas esse processo pode ser monitorado pelo próprio dispositivo:

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt_carga

Quando ligado/carregado pela primeira vez, o Liquid Leap+ também apresenta um código alfa-numérico — o “código de emparelhamento” — que aparentemente identifica individualmente cada dispositivo (falaremos mais sobre isso logo abaixo).

Acer_Liquid_Leap_USB_adapt_ID

Com a bateria do Liquid Leap+ devidamente carregada, é preciso baixar e instalar o app gratuito Acer Leap Manager disponível para iOS, Windows 8.0 (ou superior) e Android (4.4 ou superior). Este último por sinal foi a versão que usamos neste hands-on. A Acer também informa que o smartphone precisa ser compatível com a tecnologia Bluetooth 4.0.

Acer_Leap_manager

Como esse programa pode ser usado com qualquer dispositivo Leap da empresa, antes de mais nada é preciso que o usuário se cadastre neste serviço (mantido pela própria Acer) fornecendo seus dados pessoais, físicos, username e senha…

Acer_Liquid_App_install_0

… informar qual o modelo que será associado a esse app…

Acer_Liquid_App_install_1

… incluindo o “codigo de emparelhamento” mencionado acima, para que o smartphone localize e faça todas as associações.

Acer_Liquid_App_install_2

E se tudo ocorrer de acordo com o esperado, o dispositivo está pronto para uso

Acer_Liquid_no_pulso2

O Leap Manager é um serviço de dados que coleta a acumula as informações geradas pelo dispositivo wearable, gerando assim gráficos de desempenho (diário, semanal etc.) baseados em objetivos determinados por default (como o clássico 10 mil passos por dia) ou pelo próprio usuário. Essa coleta/sincronização de dados pode ser realizada em tempo real desde que o app esteja ativado na memória do smartphone e o dispositivo wearable dentro do alcance da sua interface Bluetooth, que precisa estar sempre ligada (duh!)

Acer_Liquid_App_main

Fora isso, o Leap Manager é capaz de gerenciar remotamente, todas as funções adicionais do Liquid Leap+, incluindo os recursos de notificação e alarmes, além de outras tarefas de manutenção como atualização de software ou configurar outro dispositivo wearable:

Acer_Liquid_App_features1

Além disso é possível gerenciar seus dados pessoais, seus objetivos físicos e metas já alcançadas:

Acer_Liquid_App_features2

Com relação ao uso desse Fitness Watch no dia a dia, na teoria para se ter acesso às suas informações na tela é preciso dar dois toques para ligá-la. Porém na prática esse procedimento se mostrou ser mais complicado do que esperávamos, já que a tela nem sempre liga com apenas dois toques e, até agora, não descobrimos se isso está relacionado com a maneira como tocamos na tela (intervalo entre toques, tempo de contato com a tela), software temperamental ou simplesmente hardware com defeito.

Fato é que a maneira que encontramos para contornar esse problema foi tocando na tela três vezes.

Quando ligado, a informação padrão mostrada na tela é a hora e a data, cujo ajuste é feito automaticamente pelo smartphone durante a coleta/sincronização dos dados:

Acer_Liquid_screen_hora_sinc

Mas quando o smartphone não está conectado ao Liquid Leap+, a data é substituída por um ícone informando deste fato. Isso não deve alarmar o usuário, já que o dispositivo wearable tem capacidade de funcionar de maneira autônoma.

Acer_Liquid_screen_hora_NO_sinc

Porém uma das vantagens de manter o smartphone conectado é que ele pode enviar alertas visuais e vibratórios tanto de chamadas…

Acer_Liquid_screen_lig1

Acer_Liquid_screen_lig2

… quanto de SMS:

Acer_Liquid_screen_sms1

O interessante neste caso é que é possível ler a mensagem na sua telinha…

Acer_Liquid_screen_sms2

… bastando para isso “puxar”o balãozinho para a esquerda:

Acer_Liquid_screen_sms3

Vale a pena observar que o Leap Manager possui uma opção que permite que outras apps possam interagir com o dispositivo mas não vimos isso acontecer com o Liquid Leap+. Nosso palpite é que como esse software foi feito para interagir com todos os dispositivos Leap de  da empresa, pode ser que o Liquid Leap+ não aceite esse recurso.

E como era de se esperar de um Fitness Watch, é possível checar nossa atividade física diária diretamente na sua tela, bastando para isso puxar a tela para esquerda…

Acer_Liquid_screen_1_passo

… a saber:

Acer_Liquid_screen_health_data

Além disso, quando puxamos a tela para a direita temos acesso ao menu de aplicações do dispositivo…

Acer_Liquid_screen_apps1

… que nada mais é que um nome pomposo para alguns recursos adicionais desse produto:

Acer_Liquid_screen_apps2aJPG

Uma delas é o monitor de sono que, ao contrário do que imaginávamos, tem que ser ativado manualmente, ou seja, temos que avisar o dispositivo quando vamos dormir e quando acordamos….

Acer_Liquid_screen_sleep

 

… funcionando assim, mais ou menos como um cronômetro. Só assim ele sabe diferenciar se estamos desfrutando de um sono saudável ou que viramos a última noite de maneira nada saudável, se deteriorando num estado catatônico na frente da TV:

 

Acer_Liquid_screen_sleep2

Isso de um certo modo revela as limitações do seu hardware que, na sua essência, conta apenas com o acelerômetro para monitorar o que o seu usuário está fazendo ou não.

Outra função curiosa é sua capacidade de controlar o player de música — ou mais exatamente a troca de faixas e a pausa —  cuja utilidade é meio que vaga, já que ela só funciona com os players oficiais de cada sistema como o Play Música do Google ou o Apple Music:

Acer_Liquid_screen_player

Fora isso, é possível reconfigurar a tela do Liquid Leap+…

Acer_Liquid_screen_setup_rotate

Para que ela gire 180 graus…

Acer_Liquid_screen_setup_rotate2

… ou restaurar seu sistema para o estado original de fábrica:

Acer_Liquid_screen_zerar

Mais detalhes o uso desse dispositivo podem ser verificados no vídeo abaixo:

No geral ficamos bem impressionados com o Liquid Leap já que ele se posiciona como um meio termo entre as smarbands mais simples e despojados e os smartphones mais elaborados e cheio de recursos, alguns úteis outros nem tanto. E como tal seu grande atrativo (pelo menos onde ele está sendo vendido) é seu preço sugerido — na faixa dos US$ 80 nos EUA — o que é um valor bem atrativo para um produto com suas características, como o Samsung Gear Fit (US$ 150), o Garmin Vivofit (US$ 130) ou o FitBit Charge (US$ 130).

Como dissemos no início deste Post, a Acer ainda não confirmou a chegada deste produto para o Brasil — mas quem sabe um dia né?

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Leonardo Carneiro 06/10/2015, 18:27

    O dispositivo é muito, mas MUITO similar ao (finado?) Samsung Gear Fit. O formato dele, a “caixinha” de ligar o USB, a textura da correia, o mecanismo do fecho metálico, tudo igual.
    A tela tem uma qualidade levemente inferior, mas em compensação o device é mais agnóstico.
    (meus dois dedinhos)
    Dependendo do preço que chegar aqui, não deve encontrar muito mercado contra os smartwatches mais full-feature.

    • Mario Nagano 06/10/2015, 19:13

      Sim, o Gear Fit também tinha uma tela colorida, enquanto q a versão da Acer é mono.

  • dflopes 08/10/2015, 14:23

    pelo preço, é uma aposta da Acer.
    Mas a leitura de sms na tela deveria permitir configurar pra termos 2 linhas de texto, ao invés do balão.
    E não achei muito seguro esse fecho.

    • Mario Nagano 09/10/2015, 08:32

      Como a resolução da sua tela é de apenas 128 x 32 pixels, eu não sei se ela seria capaz de reproduzir duas linhas de texto de maneira legível.

      O fecho em si até que segura bem porque o material da correia está mais para um plástico flexível (como nos G-Shock da Casio) do que borracha ou silicione macio. Mas só o tempo dirá se, com o tempo, os furos que seguram as travas não irão lacear.

  • Luis Ramos 12/10/2015, 13:23

    Monitor de batimento cardíaco necas?
    : <<

    • Mario Nagano 13/10/2015, 07:36

      Sim. AFAIK o sensor cardíaco está presente em outros modelos da casa como o Leap Active e Leap Fit.

      • Adriano De Lima 13/10/2015, 14:39

        Recurso muito útil e faz falta mesmo.