ZTOP+ZUMO

Hands-on: os irmãos do Asus Transformer Prime

Para a Asus, o Mobile World Congress 2012 não foi apenas a primeira aparição oficial do incrível Padfone: o pessoal de Taiwan complementou sua linha de tablets Android 4.0 e tela grande com mais dois modelos (Transformer Pad Infinity e Transformer Pad 300), além do Transformer Prime, anunciado em novembro e agora rebatizado como Transformer Pad Prime, além de velho conhecido deste ZTOP.

Completam a linha os tablets Android com tela menor (7″) Asus MeMo 171 e MeMo 370T, que vi no começo do ano na CES 2012, e o Transformer TF101, o primeiro tablet da Asus.

Todos lindos, leves, metálicos. Minha pergunta é se a Asus tem a mesma experiência da Samsung em poucas vendas de tablets Android, em um mundo dominado pelo iPad (e logo mais, vem o iPad3/iPad HD).

Primeiro, o Transformer Pad Infinity: é o novo topo de linha em tablets com Android. Números enormes: tela IPS de alta resolução (1920 x 1200) protegida por Gorilla Glass, processador Qualcomm Snapdragon S4 dual-core de 1,5 GHz para a versão com conectividade LTE e o teclado/bateria opcional que transformam o tablet em um netbook, como a maioria dos outros portáteis da marca – um diferencial bacana em relação aos concorrentes.

O teclado é praticamente o mesmo do Padfone e do Transformer Pad Prime, fino e elegante. A tecnologia de som do tablet é fornecida pela SonicMaster.

O Transformer Pad Infinity tem ainda uma câmera de 8 megapixels (vídeo em 1080p) com lente f/2.2 – primeira vez que vejo algo assim em um tablet (apesar de achar que tablets não são máquinas fotográficas…). O bicho tem apenas 8,5 mm e seu acabamento é todo em metal, como os Zenbooks.

Já o Transformer Pad 300 vem com uma tela igual de 10,1″ com resolução menor (1280 x 800), igualmente fino (9,9 mm) e colorido, seguindo também o conceito dos outros modelos do ultrabook Zenbook: em vermelho, azul e branco – e Android 4.0. Como os outros modelos, também tem a base opcional com teclado e bateria extra, além de portas de expansão.

Dá para prever que esse modelo será a versão (quando forem liberados os preços) de entrada da Asus para tablets com Tegra 3 – a Asus diz que o público-alvo são “jovens, modernos e high-tech” (ah tá, por isso é colorido…). E, quem sabe, vir a substituir o Transformer original.

A câmera traseira é de 8 megapixels também, e o acabamento é menos “não olha feio que eu deixo marca de dedo”que seus pares.

Nada ainda sobre data de lançamento ou preços, mais infos em inglês na Asus.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Rogermusic 06/03/2012, 18:32

    Lindos!!!
    Realmente, na minha opinião, os Tabletes da ASUS são a unica alternativa ao iPad.
    Principalmente pela opção do teclado…

  • ezequielbsb 06/03/2012, 19:44

    ótimo!!
    Pena q não tenho grana

  • Wannabeanasusowner 06/03/2012, 22:59

    Mamãe eu quero…mamãe eu quero um Asus Pad….

  • ines_vieira 06/03/2012, 23:33

    Então a linha vai ser assim:

    1 – Pad Infinity (Tegra 3, Full HD)
    2 – Pad Infinity (Snapdragon, LTE, Full HD)
    3 – Pad Prime (Tegra 3, HD)
    4 – Pad 300 (Tegra 3, HD, de entrada)

    Não vejo futuro pro Prime desse jeito: o usuário pode comprar o Pad 300 (mais barato) ou o Infinity Quad-Core (Full HD), sem problemas com GPS e com o mesmo processador que o Prime. E a Asus tem um péssimo sistema de nomes para seus produtos… No lugar de Infinity, o tablet com conectividade LTE poderia ganhar outro nome: os dois Infinity são produtos totalmente diferentes! Tirando o Prime de circulação, a linha da Asus ficaria mais enxuta e concisa. Assim, na nova geração, teríamos:

    1 – Pad Infinity: Tegra 3, Full HD, design em alumínio
    2 – Pad Infinity (que poderia ser chamado de Connect, por exemplo): Snapdragon, LTE, Full HD
    3 – Pad 300 (ou outro nome melhor): Tegra 3, HD

    • glaucopgomes 07/03/2012, 07:03

      Mas se ela tirasse o Prime de circulação, ela estaria matando um produto com poucos meses de vida, fora o dindin gasto com marketing em cima dele, enfim, seria investimento jogado no lixo, deixa ela pelo menos recuperar o investimento …

      • ines_vieira 07/03/2012, 16:24

        A própria Asus matou o Prime com os problemas de conectividade WiFi e GPS…

        • glaucopgomes 10/03/2012, 10:21

          Então quer dizer que a Apple tb matou o iPhone 4 com o problema da antena?

    • rubens 07/03/2012, 09:40

      Mas o S4 dual core é mais rápido que o Tegra3 quad… (salvo alguns benchmarks gráficos).

      E tem o PadPhone também. 🙂
      E a nomenclatura não tem solução mesmo.

      • ines_vieira 07/03/2012, 16:28

        Não citei o Padfone pois o mesmo não é um tablet propriamente dito…

        Acho que a Asus matará o Prime mesmo… Quem quer um produto similar tem a opção do Infinity com Tegra 3 ou do 300 (sem o design em alumínio)…

        • rubens 07/03/2012, 17:30

          O Prime tem ainda o problema da nomenclatura descarada me-processa-porque-eu-copio-ideia-mesmo-e-to-nem-ai-pra-hasbro… 😀

    • MaurB 12/03/2012, 11:26

      1920 x 1200 é maior que full HD (1280 x 1080)

  • Murilo Quesada 07/03/2012, 09:34

    Só que saber quando chega no BR e por quanto!?!?!

  • Tchub2708 09/03/2012, 15:50

    acabei de comprar meu transformer tf101 🙁

  • jeferson 25/03/2012, 21:22

    iria pegar o 1º transformer, mas vou esperar esse TF Pad 300, pelo processador dele ser quad core , vai ser uma boa..
    Estou esperando a data de lançamento..