Hands-on: Opera Mini para iPhone/iPod touch

H

E saiu a versão oficial do Opera Mini para iPhone. O navegador norueguês, no desktop, nunca me atraiu muito, mas instalei uma versão no meu iBook G4 velho de guerra e mudei de opinião. Então, por que não instalar o Opera Mini no iPod touch pra ver como funciona?

Na instalação, o yadayada de sempre do Opera, com resumo dos recursos (e, uia, já está em português!)

Depois, a tela inicial de navegação com os atalhos – destaque pros links diretos pro Terra, Orkut e Globo.com:

Os recursos do Opera Mini: marcadores, histórico, atalho pra página inicial, salvar páginas (!), configurações e outros…

Zumo em sua interface móvel: ficou com um scroll estranho na lateral (isso não ocorre no Safari).

As configurações propriamente ditas:

O lance de salvar páginas (vale mais para posts e artigos de jornais, na verdade, pra leitura offline):

O histórico:

O modo de alternar janelas é bem inteligente – e permite criar novas com facilidade:

E alguns sites carregados no Opera Mini, aleatoriamente:

Diz a Opera Software que o Mini usa as tecnologias de compressão de página pra deixar a navegação mais rápida. No meu caso, não tenho como ver isso já que estou sempre no Wi-Fi com iPod touch (e o bicho serve mais como media player do que para navegar na web, no fim das contas). Se alguma alma caridosa usar o Mini via EDGE num iPhone de primeira geração, por favor, compartilhe as impressões com a gente. E, como todo mundo já sabe, downloads direto na App Store – e é gratuito.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos