Hands-on: Instagram para Android

H

Com 30 milhões de usuários apenas no iOS em pouco mais um ano, o Instagram chega ao Android com uma lista de espera com mais de 430 mil inscritos. O aplicativo, um dos mais populares no iPhone, vai além de criar efeitos retrô em fotos: sua comunidade enorme é incrível, tanto para descobrir novas imagens quanto para esquecer das bobagens compartilhadas em redes sociais – e as fotos (e seus comentários) ficam dentro do aplicativo, sem ir para a web.

Como uso o Instagram faz algum tempo no iPhone, baixei o aplicativo no Motorola Defy Mini. E rodou bem: segundo os desenvolvedores do aplicativo, o Instagram funciona em qualquer aparelho com Android 2.2 ou superior compatível com OpenGL ES 2 (a maioria dos smartphones modernos, exceção feita aos tablets, ainda incompatíveis com o app). A interface, limpa e clara, é muito parecida com a do iPhone – no meu caso, com uma tela menor apenas.

A primeira tela, para quem não foi introduzido ao Instagram ainda, é uma linha do tempo, com as fotos dos seus contatos. O aplicativo já está em português. Para marcar uma foto como favorita, basta dar dois toques na tela sobre a imagem.

O botão estrela leva à página de fotos populares – basicamente uma central de gatos, paisagens, comida e mulheres bonitas.

Para publicar sua foto no Instagram, clique no ícone central e escolha de onde virá a foto: da câmera ou da galeria de fotos.

O Instagram, então, ativa a câmera e você clica.

Por conta do formato de fotos 1 x 1 (quadrado), é preciso cortar a foto (para deixar em 1×1 automático, basta escolher “Usar Câmera Avançada” nas Opções de Câmera das configurações do Instagram):

Depois, é só escolher (ou não) um filtro:

Escrever uma legenda e compartilhar nas redes sociais (ou não!). De qualquer modo, sua foto vai aparecer na tela inicial do app.

Finalmente, você pode ver seu perfil, quem gostou das suas fotos, seguidores e demais configurações do Instagram nos dois últimos botões da tela principal.

O pessoal do Instagram diz que tem como meta manter uma experiência consistente entre plataformas (iOS e Android). Entretanto, essa primeira versão do app no Android não oferece alguns recursos, como tilt-shift e blur nas imagens, compartilhamento direto do feed principal, previsualização em tempo real e compartilhamento com o Flickr – e que devem vir em futuras atualizações. Não há previsão ainda de lançamento do Instagram para outras plataformas, como Windows Phone.

O Instagram é gratuito no Android Market Google Play.

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos