Hands-on: HP 2133 mini-note PC

H

HP 2133 mini-note PC

E eis que depois do Asus eeePC e do Positivo Mobo, chega a este Zumo o HP 2133 mini-note PC. Deixei de lado meu desktop e fiquei quase todo o final de semana com ele, e cheguei à conclusão de que o modelo da HP é completamente diferente da proposta da Asus e da Positivo.

O 2133 existe em vários sabores distintos. A configuração enviada para testes foi de um modelo com processador Via C-7M de 1,2 GHz, 894 MB 1 GB de RAM (896 para RAM e o resto compartilhado com vídeo), 160 GB de disco rígido com proteção HP 3D DriveGuard (que usa um acelerômetro para proteger o disco de quedas e movimentos bruscos) e, para minha surpresa, rodando Windows Vista Business Edition.

Completam o pacote duas portas USB, tela de 8,9″ com proteção contra impactos (tem uma espécie de plástico reforçado sobre ela), saída para monitor externo e resolução de 1280 x 768 (yay!), Wi-Fi (802.11b/g), porta Ethernet, slot ExpressCard, trava Kensington e leitor de cartões SD. A bateria, ao ser encaixada, levanta em poucos centímetros a parte de trás do portátil, permitindo uma maior circulação de ar no corpo de alumínio para resfriar o aparelho.

O teclado do 2133 tem 92% do tamanho de um teclado convencional de notebook (minha única reclamação é que a tecla / está um pouco escondida – com configuração em português, é preciso pressionar Fn + 0 para obter /, o que confunde um pouco na hora de digitar endereços no browser. Questão de prática apenas.

A diferença básica entre o eeePC, o Mobo e o 2133 é que o modelo da HP é um subnotebook completo e portátil, com recursos e configurações mais próximos de um ultraportátil do que um simples dispositivo de acesso à internet.

E, sim, roda Ubuntu. Mais fotos e informações depois do clique.

Para muita gente, o simples fato de unir os termos “Windows Vista” a “subnotebook” é uma heresia enorme. Apesar de indicar um pífio resultado no Índice de Experiência do Vista (1,7 de 5), o 2133 lida bem com o Vista. O tempo de boot é um pouco exagerado (entre 1,5 e 2 minutos), mas não vi nada demais no fato de rodar Vista (e provavelmente fazer um downgrade para o XP não seja o melhor dos mundos, visto a experiência não muito boa da HP com seus próprios drivers).

Digitar no teclado do 2133, como eu disse antes, não é muito diferente da experiência de um notebook. O trackpad tem os botões nas laterais, e isso precisa de treino (mas é rápido acostumar com os cliques no lado direito e esquerdo). O trackpad tem ainda uma área de scroll de tela, em seu canto direito.

Se o 2133 entra em modo de espera/hibernação, apenas mexer no teclado não o traz de volta. É preciso movimentar a chave de liga/desliga. Reproduzi vídeos em AVI/DivX sem problemas ou engasgos (após a instalação dos devidos codecs, claro). Consegui abrir cinco imagens simultâneas no Paint.NET, cada uma com mais de 2 MB de tamanho. O Windows não engasgou. A tela em 1260 x 768 parece pequena (e é), mas também é uma questão de se acostumar com a resolução.

Instalei o Ubuntu 8.04 via Wubi sem maiores problemas, mas não fiz uma avaliação extensa do Linux nesse portátil. A instalação foi razoavelmente rápida e o Ubuntu reconheceu drivers de rede, de som, vídeo e até Bluetooth, mas não deu sinal de vida para a rede sem fio. A Via, fabricante do chipset, fornece alguns drivers específicos para Ubuntu em seu site.

O Wubi instala o Ubuntu dentro do Vista, criando uma máquina dual-boot e com o Linux podendo ser removido sem maiores dificuldades. Apesar da falta de um drive de CD/DVD, o 2133 vem com uma partição de 9 GB para recuperação do sistema. Com o Vista, Ubuntu, alguns programas e a partição de recuperação, ainda fiquei com quase 90 GB de espaço em disco – tarefa hoje ainda impossível para seus concorrentes.

Pela ausência do drive de CD/DVD, não rodei nenhum teste mais conhecido de desempenho. E nem é essa a idéia para esse tipo de máquina. Fiquei quase três horas com o 2133 ligado apenas na bateria, wireless desligado e conectado à rede 3G da Tim a maior parte do tempo. Consegui editar fotos, escrever textos e acessar a web sem problemas. Ainda deu para ver um vídeo de 25 minutos em DivX. Ao final, a bateria ainda tinha 25% da carga. A fonte do notebook é igual à de um portátil convencional.

O que mais me chamou a atenção no 2133 – e no Mobo ou no eeePC – é o tamanho: 33 mm (na frente) x 255 mm x 165 mm. Mesmo com o “calombo” na bateria, ele cabe fácil em qualquer bolsa ou mochila. Fácil de esconder, leve para carregar (a HP diz que o peso é de 1,19 kg, mas deu a impressão de ser um pouco mais – não tenho uma balança oficial aqui). Hoje, se eu fosse escolher um desses portáteis baratos, ficaria em dúvida entre o HP 2133 e talvez o MSI Wind.

E, finalmente, creio que a HP deva trazer algumas boas notícias para o mercado brasileiro. O 2133 veio com o Vista em português e selo da Anatel de certificação wireless colado na sua parte de trás, além de guia rápido e informações de garantia também falando nossa língua.

Não tenho informações de preço ainda, mas assim que tiver atualizo este post. Especulação pura (tudo pode mudar): o 2133 na teoria está sendo vendido para empresas e na teoria deve ter em breve uma versão local disponível à venda. Por enquanto, só essa amostra para imprensa e blogs. Meu chute? vai custar em torno de R$ 1.500. Mas tudo pode (e deve) mudar.

Finalmente, as fotos:

HP 2133 aberto. Os alto-falantes ficam ao lado da tela.

o 2133 é pequeno mesmo

Detalhe do teclado com selinho do Vista

parte inferior do 2133. detalhe para o selo da Anatel à direita

detalhe da chave liga-desliga do 2133. ao lado, o indicador do disco rigido

uma das portas USB, ethernet, trava kensington

saida de Video e detalhe da ventilação

slot ExpressCard e, abaixo dele, o leitor SD

opções de boot após a instalação do Ubuntu

2133 aberto

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos