Hands-on: Asus PadFone (smartphone + tablet = notebook!)

H

Do primeiro protótipo do Asus PadFone que vi ano passado para o produto final, anunciado durante o Mobile World Congress 2012, existe uma grande diferença. O design do smartphone mudou e evoluiu, e o tablet/teclado também mudou.

Mas o que é o Asus PadFone? É um produto híbrido que reúne smartphone, tablet e teclado: o telefone pode ser usado separado, se encaixa na base atrás do tablet e, ligado ao teclado, se torna em um notebook com Android 4.0 “Ice Cream Sandwich”.

Primeiro, o telefone, que é a parte principal do produto: as configurações do Asus PadFone incluem um processador Qualcomm Snapdragon S4 dual-core de 1,5 GHz, GPU Adreno 225, câmera de 8 megapixels com flash LED e lente com abertura f/2.2, gravação de vídeo HD a 1080p, versões com armazenamento de 16, 32 ou 64 GB, 1 GB de RAM, Wi-Fi, GPS, Bluetooth 4.0 e uma tela de 4,3″ Super AMOLED (960 x 540) protegida por Gorilla Glass.

O acabamento traseiro é com uma textura que lembra o tablet Transformer original.

Acima, o conector para fones de ouvido padrão 3,5 mm e o botão de liga/desliga do PadFone.

Na direita, o controle de volume. Note o design angular do telefone – na mão, dá a impressão de que ele é mais fino embaixo.

E do outro lado, três conectores: um contato para carregar a bateria (à esquerda) e a dupla microUSB e microHDMI para conexão ao tablet.

O sistema operacional usado é o Android 4.0 e, pelo que notei, não existe nenhuma modificação especial da Asus para o telefone. Veja que nas abas superiores da tela, além de apps e widgets, existe a opção PAD ONLY.

E este é o tablet ligado ao teclado. Lembra muito o design do Asus Transformer original (de novo). Perguntei pro representante da Asus sobre o design e ele disse que, nesse caso, não foi possível trabalhar com um design ultrafino: como o smartphone fica atrás da tela, a base precisa ser mais robusta para o conjunto não tombar para trás.

Atrás da tela do tablet, um pequeno compartimento com superfície emborrachada se abre…

E permite encaixar o PadFone, ampliando os recursos do produto.

O conjunto tem uma tela de 10,1 polegadas (1280 x 800) sensível ao toque, também protegida por Gorilla Glass. O teclado tem ainda duas portas USB e um leitor de cartões microSD.

Vale lembrar que o tablet/tela se destacam do teclado, permitindo levar o PadFone no formato tablet para qualquer lugar. E aí você faz a pergunta do milhão: se o fone estiver conectado ao dock, como atender ligações? Existe a opção do viva-voz… e existe a opção da caneta-stylus-fone: é um dispositivo (que funciona, claro, como caneta para a tela) com alto-falante e microfone. Ativado por Bluetooth, permite atender chamadas direto.

Tem até controle de volume! Diz a Asus que, se você esquecer a caneta sobre a mesa e sair andando com o resto do PadFone, o tablet começa a vibrar, para alertar o esquecimento.

Nada de preço do PadFone ainda, mas a Asus disse que quer lançar o gadget no mercado brasileiro ainda este ano. Esperemos!

(Mais MWC ao vivo no Facebook)

 

 

 

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos