Hands-on: Monitor Dell S2740L de 27 polegadas

H

Num mercado onde todo objeto de desejo parece ficar cada dia menor, mais leve e fino, o monitor da Dell mostra que tamanho ainda é documento, especialmente entre os monitores de PC.

Se não me falha a memória, a Dell foi uma das primeiras fabricantes de PCs no Brasil a não vender seus desktops com monitor de vídeo — e isso numa época em que alguns concorrentes davam até uma impressora de brinde.

Quando questionei isso a um executivo da Dell, a resposta que tive é que eles acreditavam que o consumidor deveria ter a opção de escolher o modelo que melhor atendesse as suas necessidades, mesmo que fosse de outro fabricante. Acredito que essa afirmação, de um certo modo, talvez explique o cuidado todo especial com que a Dell sempre teve com esse periférico, principalmente no que se refere a sua variedade e cujo design (até onde saiba) é desenvolvido pela própria companhia.

Um bom exemplo são os monitores da Série S — modelos mainstream voltados para o consumidor final, como o Dell S2740L (preço sugerido: R$ 1.440) um monitor LCD-LED equipado com um impressionante painel LCD-LED IPS de 27″ com resolução nativa de 1.920 x 1.080 pixels (Full-HD)…

Dell_S2740L_overall

…  cuja área de imagem é de aproximadamente 59,8 x 33,6 cm (LxA) na proporçã0 16:9, rodeada por uma borda negra de 2 cm de espessura que sustenta um painel de vidro que cobre toda a frente da tela, o que também passa a impressão de estarmos diante de um imenso tablet montado num pedestal. Observamos porém que essa tela não é do tipo touchscreen, recurso disponível no modelo P2740T, também de 27″.

Dell_LCD_2740L_frente

Seu design é limpo e bem simétrico, formado apenas pelo monitor propriamente dito e uma base sólida que sustenta os 5,28 kg do do painel. E como já vimos em alguns Ultrabooks, a parte de trás do monitor utiliza linhas curvas e suaves para esconder a sua real espessura (que chega a 1,9 cm nas bordas), o que realmente passa a impressão de que ele é mais fino do que realmente é.

Dell_LCD_2740L_lados

 

O conjunto completo com o suporte mede aproximadamente 64,2 x 45,9 x 21,5 cm (LxAxP) e 7,56 kg de peso.

Dell_LCD_2740L_topo1

Sua face traseira também é limpa e organizada, sem conectores ou parafusos aparentes, selos de certificação ou grades de ventilação que possam destoar da sua estética. É de fato um belo monitor para ser usado em locais públicos, como salas de espera, balcão de lojas ou recepção de prédios.

Dell_LCD_2740L_tras

 

E nesse caso, para aumentar a segurança do produto, ele também conta com um slot para trava antifurto padrão Kensington:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outra vantagem de um design simétrico com bordas finas é que ele pode ser colocado lado a lado com outro monitor (de preferência idêntico) formando assim grandes áreas de trabalho…

Dell_S2740L_2x

… muito apreciadas por projetistas, programadores, web designers, profissionais da área financeira, gamers etc. Sua taxa de contraste típica é de 1.000:1 e a dinâmica de 8.000.000:1 e seu tempo de resposta típico é de 7 ms com overdrive (cinza para cinza):

Dell_S2740L_3x

Aqui podemos ver a face traseira do monitor sem o seu pedestal montado…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… que revela a presença da etiqueta com os selos de certificação da indústria e de um ponto de encaixe padrão VESA de 10 x 10 cm o que permite fixar o S2740L em outros tipos de suportes articulados, incluindo modelos de parede.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Aqui podemos ver que todas as portas de comunicação do monitor se concentram num painel cuja face está virada para baixo. A partir da esquerda podemos ver uma saída de som para fone de ouvido/caixa de som externa, entrada HDMI, DVI-D, SVGA, entrada de força (via adaptador de rede externo com saída de 12 volts x 3,33 ampéres) e um pequeno hub USB com uma entrada e duas saídas. Como esse monitor não possui caixas de som embutidas, a saída de som serve apenas para pegar o sinal de áudio vindo do cabo HDMI.

Note também que esse monitor não possui entrada de vídeo padrão DisplayPort.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Apesar de ajudar na estética, posição desses conectores não é das mais fáceis para instalar os cabos, principalmente com o monitor em pé. Assim nossa recomendação é que o usuário instale todos os cabos com o monitor deitado numa superfície plana e só depois encaixe o pedestal e coloque o monitor de pé. Sim, isso dá trabalho mas não chega a ser um transtorno já isso é feito com pouca frequência.

A base em si é bastante simples possuindo apenas um ajuste de inclinação de (até 20° para trás ou -3° para frente) e que eleva a base do monitor em 7,62 cm (ou 3 polegadas).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como era de se esperar seu padrão de construção é bastante sólido com sua estrutura de metal recoberta com uma capa de policarbonato preto e cinza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O processo de instalação bastante simples: basta encaixar a parte de cima do suporte na parte de trás do monitor e depois a parte de baixo até ouvir o clique da trava. Para desencaixar o mesmo, basta pressionar o botão localizado logo acima das portas de vídeo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Note que a coluna do suporte também possui uma abertura por onde podem passar os fios que vem e vão no monitor:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como já dissemos anteriormente, esse monitor possui uma cobertura de vidro que cobre toda a frente do painel LCD,  que proporciona algumas vantagens como facilidade de limpeza e imagens de alto contraste e outras nem não apreciadas, como o excesso de reflexos na tela. O curioso é que essa característica sempre esteve associada à PCs e notebooks voltados para o consumidor final, enquanto que o mercado corporativo prefere as telas com acabamento anti-reflexivo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outro recurso muito associado aos produtos de consumo é fato do S2740L adotar um painel de controle com sensores de toque em vez de botões físicos. No nosso caso ele se resume ao controle de liga/desliga e quatro “pontos de seleção” na borda que servem para escolher as opções do menu apresentadas à esquerda na tela.

Dell_LCD_2740L_painel_controle_leg

Trata-se de um sistema bastante simples, já que ao tocarmos qualquer um dos pontos o menu inicial (acima) é ativado e ao selecionarmos  “Menu” entramos no menu principal de configuração. Um detalhe que me chamou a atenção que é como já estamos muito habituados com telas touch, existe a tendência de pressionarmos as opções na tela (como o menu de navegação a direita), quando o correto é pressionar o “ponto” correspodente na borda.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Com relação a que realmente interessa com o uso da tecnologia LCD IPS, retroiluminação a LED e brilho máximo de 270 cd/m² (típica) as imagens reproduzidas pelo S2740L impressionam pelo alto nível de brilho, nitidez e cores bem saturadas, mesmo em ambientes bem iluminados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ele oferece sete modos de imagem pré-configurados (Standard, Multimedia, Movie, Game, Text, Warm e Cool) e se o usuário preferir tem a opção de ajustar as cores de acordo com seu gosto pessoal, o que pode até não parecer muito “real” sob o ponto de vista da precisão de cores, mas como estamos falando de um produto voltado para o consumidor final, o que importa mesmo é a satisfação do seu dono.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outra característica que eu gostaria de ressaltar, é com um pixel pitch de 0,311 mm e resolução nativa de 1.920 x 1.080 pixels alguns podem achar que um painel desse tamanho mereceria resoluções maiores. Mas como vimos no review do monitor Philips Brilliance 288P Ultra HD de 28″,  uma densidade de pontos muito alta (no caso da Philips apenas 0,16 mm) faz com que alguns elementos gráficos da tela fiquem demasiadamente pequenas, o que pode comprometer a sua capacidade de leitura e — o mais importante — o seu conforto de uso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sob esse ponto de vista, não achamos que o S2740L seja o modelo mais moderno, versátil, performático e cheio de nove-horas do mercado, mas em contrapartida ele é um produto sólido que oferece uma combinação bem equilibrada de brilho, contraste, capacidade de leitura e conforto de uso — qualidades que são muito desejáveis para aqueles que passam muito tempo na frente da tela do computador realizando suas tarefas do dia a dia.

Mais informações aqui.

 

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos