Hack de Kinect transforma você no Ultraseven

H

Aqui no Zumo somos fãs dos Ultra. E um japonês muito criativo e habilidoso decidiu prestar uma senhora homenagem ao Ultraseven, o guerreiro escarlate que fatiava sem dó a bandidagem galática.

O Kinect é um dos aparelhos mais legais lançados até hoje para o consumidor final. Além de transformar a experiência de jogo no Xbox 360, ele também tem tido uns usos muito interessantes graças a comunidade hacker, que desenvolveu drivers para que o acessório funcione no PC.

O Kinect tem um elaborado sistema de rastreamento 3D que varre o ambiente com uma constelação de pontos de referência, que são interpretados por software, são incorporados aos dados gerados por uma câmera de vídeo normal. Com o software certo, é possível fazer coisas incríveis, como esse Ultraseven digital.

O mais bacana é que, como a maioria dos hacks, esse teve o código disponibilizado na rede. Aí, você precisará de “skillz” para fazê-lo rodar, já que o código precisa ser compilado e também você vai precisar arranjar uns drivers para o Kinect ;-). O vídeo fala por si só como o Kinect entende a geometria do corpo e o software aplica a camada de realidade aumentada à imagem.

Link do vídeo

Link do vídeo

O sucesso dos hacks do Kinect é tão grande que existem rumores que a Microsoft vai antecipar o lançamento dos drivers oficiais para que mais gente embarque na experiência. Muito bacana, mas melhor ainda seria se aTsuburaya Productions, detentora dos direitos dos Ultra, fizesse com a Bandai Namco um game do tipo para Xbox 360. Vamos fazer figa, pois esse vídeo mostra que o conceito é viável.

Mas não é a primeira vez que Ultra Seven dá as caras junto a um produto da Microsoft. Veja só o que a MS do Japão fez para promover o Windows 7 e sua nova Win-chan: Nanami Madobe (nana = 7 em japonês).

Link do vídeo

O novo Ultraseven Zero se uniu ao respeitável Ultraseven original para promover o novo sistema. Se Ultraseven foi o símbolo do Windows 7, quem seria o do Windows Vista?

Vixe! Vade retro, belzebu!

Nagano comenta: É interessante ver como big players como a Microsoft tiram proveito da chamada cultura Otaku para promover seus produtos no Japão e em outras partes da Asia de maneira até meio surreal ao contrário do ocidente onde eles assumem uma imagem mais formal e séria, ao contrário da empresa com nome de fruta.

Um bom exemplo é um vídeo de 30 segundos da MS para promover o Windows 7 e sua nova Win-chan Nanami Madobe:

Link do vídeo

Outro exemplo mais antigo (porém não menos hilário) é o Norton Fighter um legítimo Super Sentai que defende a humanidade e os gerentes de TI cabeçudos das pragas e malfeitores digitais no melhor estilo Ed Wood:

Link do vídeo

Mais bizarro ainda é que a Symantec levou essa campanha literalmente para as ruas realizando performances ao vivo para o público…

Link do vídeo

… o que parece ser uma tremenda farra por lá:

Link do vídeo

Sobre o autor

Jô Auricchio, editor convidado

<span class="dsq-postid" data-dsqidentifier="33208 http://zumo.com.br/?p=33208">comentários</span>

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos