Google +: finalmente a rede social do Google?

G

Mmmm, Google + rede social eu lembro de… Orkut, certo? O Google foi pioneiro nesse mundo, virou líder no Brasil com a invenção do sr. Büyükkökten e perdeu o bonde da história com o crescimento do MySpace (descanse em paz) e do Facebook (750 milhões de amigos de Mark Zuckerberg não podem estar errados).

Hoje, com o anúncio do Google+, é a hora de tentar correr atrás do prejuízo da maneira certa, com integração no celular e na web, reunindo amigos em grupinhos.

Da definição oficial:

“Google+ é um projeto que quer tornar o compartilhamento na web como o compartilhamento no mundo real: você divide coisas diferentes com pessoas diferentes (…). Os recursos do Google+ incluem:

  • +Circles: compartilhe as coisas certas com as pessoas certas (o Orkut tem algo similar, certo?)
  • +Sparks: receba vídeos e artigos sobre coisas que te interessam. Quando estiver livre, sempre tem algo para ler, ver ou compartilhar (mmm, information overload!)
  • +Hangouts: vídeochamadas (oi Facetime! oi Skype!)
  • +Mobile: todos os recursos do Google+ e ainda… Instant Upload (fotos e vídeos vão direto pra nuvem segura… o que me parece incrível) e Huddle (chat grupal). Vai funcionar em modo web móvel, via browser, ou num app para Android.

O Google+, como um bom produto do Google, é fechado para convidados (poucos) apenas (Googlers e amigos, basicamente). Leia nossas primeiras impressões do Google+.

Um resumo em vídeo:

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

<span class="dsq-postid" data-dsqidentifier="42664 http://ztop.com.br/?p=42664">comentários</span>

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos