ZTOP+ZUMO 10 anos!

Google está prestes a comprar o FeedBurner

Dizem que o lema do Google é “Não faça o mal” (Do no evil). Se eles tem um lema secundário, deve ser “Resistir é inútil, você será assimilado”. Depois do YouTube e DoubleClick, o próximo alvo na mira da carteira do gigante das buscas é a FeedBurner, empresa que oferece um serviço de gerenciamento de canais (feeds) RSS de mesmo nome.

Segundo o blog TechCrunch, a compra do FeedBurner por US$ 100 milhões, em dinheiro vivo, é praticamente certa, dependendo apenas do acerto de pequenos detalhes, e deve ser anunciada em duas ou três semanas. A empresa foi fundada em 2003 e desde então arrecadou apenas US$ 10 milhões entre investidores.

A aquisição faz sentido, dada a ambição do Google de ser o rei absoluto do conteúdo. O FeedBurner oferece serviços a blogs, sites de notí­cias e veí­culos tradicionais, permitindo que os leitores se inscrevam em canais e recebam novo conteúdo assim que ele é publicado. O Google também já oferece um serviço online para a leitura de feeds, o Google Reader, considerado por muitos como o melhor software em sua categoria no mercado.