Gadgets do dia: Celulares Emporia

G

A Emporia Telecom é uma fabricante austríaca que se especializou em telefones celulares com recursos básicos (hoje maldosamente chamados de dumbphones) e fáceis de usar, voltado para pessoas que não querem nada mais do que fazer ligações de voz e quem sabe um SMS de vez em nunca.

 

Esse público existe e na sua maioria é formado por pessoas idosas que  muitas vezes não adotam novas tecnologias por receio de serem consideradas “idiotas” (calma, não é a gente falando isso).

Essa é a opinião de Albert Fellner, fundador da empresa e que diz que criar um celular que atenda a esse público não é apenas fazer um aparelho com botões grandes, e sim desenvolver recursos com características bastante específicas.

Por exemplo, muitos modelos da  casa utilizam carregadores de base (como nos telefones sem fio) para que o aparelho fique num local fixo e bem à vista. De fato algumas dessas bases podem até serem fixadas na parede (de preferência perto do local onde penduramos a chave) de modo a não esquecermos de sair com o aparelho e colocar de volta para recarregar quando voltarmos.

Outro exemplo interessante é seu “modo silencioso” que pergunta para o usuário quanto tempo este deve ficar quieto, algo muito útil para aquelas pessoas que desligam o som de seus aparelhos quando estão em certos locais públicos como igrejas, teatros e cinemas e depois reclamam que passam dias sem receber uma ligação.

Fora isso a Emporia investe em desenhos bastante criativos para seus aparelhos, que não precisam ter a cara de calculadora infantil. Um bom exemplo é o Emporia LIFE PLus todo em metal e equipado com um teclado do tipo slider:

Já o Emporia CLICK é um modelo com tela dobrável e três teclas para discagem direta (filho/genro, filha/nora, aquele vizinho nerd que manja tudo de computador).

E para aqueles que preferem um celular mais resistente, o Emporia SOLID é um modelo robustecido à prova de choque (Mil-STD-810F) e de respingos d’água (IP54). Fora isso ele ainda possui uma lanterna de LED e pode funcionar como calculadora.

Finalmente, o Emporia SAFETY Plus vem acompanhado de um relógio de pulso que possui uma função de emergência, ou seja, ao acioná-lo o relógio manda um sinal para o celular que começa a fazer ligações de socorro e enviar SMS para alguns telefones pré-programados. Fora isso ele possui sensor GPS o que permite enviar informações de localização da pessoa caso ele esteja fora de casa.

Segundo Fellner, o grande desafio da sua empresa não está apenas em criar bons aparelhos e sim de convencer as operadoras de telefonia a não apenas homologarem seus produtos e sim treinar corretamente a sua equipe comercial para que eles possam percebem as necessidades desse público mais senior e sugerir a melhor solução. Isso porque muitos acreditam piamente que o conceito de  “easy of use” serve para todo mundo, gastando assim menos tempo em explicar pessoalmente para seu cliente como utilizar o novo aparelho.

Nagano comenta:

O que me deixa chateado nessa história (para não dizer p*to da vida)  é que em 2009 nós aqui do ZTOP fomos o primeiro (e se não foi o único) veículo nacional a testar o ZTE S302 um celular que, por sinal parece ser a mesma plataforma de hardware de todos esses modelos da Emporia só que ao contrário de lá, o aparelho aqui nunca foi homologado pelas operadoras locais pelos motivos mais obscuros possíveis. 

Fato é que na época achamos — e ainda achamos —  esse conceito genial e vemos que em outras geografias ele prosperou e muito de modo que resta a dúvida:

O que os idosos austríacos tem que os nossos não tem?

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos