ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: raquete para matar mosquitos

a rede da raquete

Se você vai comprar um Wii Fit pra fazer aquele seu sobrinho (ou irmão, marido, cunhado e afins) emagrecer um pouquinho no verão, pense de novo. Existe algo muito mais barato que vai fazer o gorducho dentro de você se mexer, e sem sair de casa: contemple  a incrível raquete de matar mosquito recarregável.

a raquete propriamente dita

Seu funcionamento é simples e básico: carregue o equipamento na tomada (a base vem com um adaptador – nada de padrão brasileiro: dois plugues mesmo que saem do braço da raquete). Não entendi se é para carregar inicialmente por quatro ou oito horas (a embalagem, escrita no melhor estilo Engrish, traz as duas informações).

Ative a raquete e, para praticar a caça ao mosquito, basta pressionar o botão grande no seu braço. Não seja besta de colocar o dedinho na rede – o estalo que a raquete faz quando encontra um ser alado (já testei em mosquitos e aquelas mosquinhas tontas de banana) é impressionante, um “plec” que rende instantes de prazer contra aquele safado que chupou seu sangue ou simplesmente está ali de bobeira sobre a pia da cozinha. Deve funcionar em mariposas também, mas acredito que a sujeira seja maior – as mosquinhas de banana se desintegraram no ar.

Quanto custa? Pagamos R$ 10 com desconto na região da 25 de Março, em São Paulo (muitos obrigados à amiga designer Patricia, que vai quase toda semana para lá). Diz a lenda que lojas de bairro cobram bem mais caro (vimos por R$ 40 num supermercado). Marca? Desconhecida. Garantia: idem. Se durar o verão inteiro, está ótimo. Vale lembrar que a raquete, apesar de fazer você se mexer, não é um brinquedo.

Nagano comenta: Nah… isso é brinquedo de criança! Aqui na Zumo-caverna, se uma dessas pestinhas voadoras (e algumas terrestres) ficarem de bobeira na minha frente elas ARDEM NO FOGO DO INFERNO e isso não é figura de linguagem: eu pego elas com meu bom e velho maçarico a gás Yanes com acendedor automático:

macarico

Desde criança eu sempre quis ter um desses depois que vi pela primeira vez este episódio do Jonny Quest. Minha grande decepção foi descobrir que sua chama não vai tão longe o que invibializa o seu uso para combater monstros marinhos.

Update 18h30: atendendo a pedidos, toquei a grade metálica do meio. Não dá choque (é como colocar o dedo num acendedor de fogão), mas o estalo assusta. Valeu a carga de adrenalina da tarde.

Mais fotos do gadget do verão:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Higuetari 13/12/2009, 14:27

    Pelo que entendi ali nas instruções, são 8~15h para recarregar? :O
    Então espero que segure a carga pelo menos um mês!

    • henriquem 13/12/2009, 14:36

      como a raquete chegou em casa ontem, vai demorar pra descobrir… ou não!

      • ébora 10/12/2010, 15:37

        A minha raquete aguenta carga de uns 15 dias no maximo e eu deixo carregando a noite toda

  • Testemunha anônima 13/12/2009, 16:15

    Graças a essa raquete consegui terminar minha dissertação de mestrado! explico: moro numa rua com muitas árvores e, no verão, uso direto nas tomadas aqueles aparelhos elétricos, para não ser atacada direto por bandos de mosquitos.
    Só que, quando se escreve uma tese, se trabalha à noite, madrugada adentro, por causa do silêncio necessário à concentração. No entanto, mesmo com os aparelhinhos elétricos, TODAS AS NOITES aparecia um ou mais inseto não identificado (acho q era traça), bem qdo eu estava concentrada por volta de meia noite ou mais. E aí – antes da raquete – eu tinha q interromper meu raciocínio para levantar e ir atrás do voador – q ficava voando em volta de mim e do desktop – com um spray mata-mosquito; aí, tinha q ligar o ventilador a mil, pra tirar o cheiro do spray… e a essa altura minha linha de pensamento já era…. Depois da raquete meus problemas acabaram: já começava a estudar com a 'arma' do lado, ligada no 'on'; aí, qdo o voador surgia era só levantar no ar, apertando o botão da eletricidade e pronto: fatalmente 'ele' passava e morria eletrocutado; no início, levei uns sustos pq os 'tléck' eram muito fortes! depois, com o uso, ficam mais fracos. Enfim, a partir disso, pude trabalhar em paz! Foi no verão de 2008 – e até hoje, qdo entro em casa,
    apesar dos aparelhinhos, saio andando pela casa com a raquete ligada, caçando, pq tem mosquitos q vc não enxerga – só as mordidas q deixam…. e dá pra ouvir os 'tléck' dos invisíveis.
    Aqui no Rio, tb custa 10 reáu;-) e em Ipanema, cheio de árvores, não dá pra viver sem.

    • Rogério S. Ferreira 13/12/2009, 22:19

      Ao melhor estilo "Organizações Tabajara":
      "
      Depois da raquete meus problemas acabaram: já começava a estudar com a 'arma' do lado
      "

      ehehehe
      boa… produtos diferentes tb tem vez… heheheeh

  • Testemunha anônima 13/12/2009, 16:17

    Esqueci: dura muuito tempo – meses; até pq, deixo desligada e só ligo qdo for usar.

  • @walter__mercado 13/12/2009, 16:26

    Como assim? Não recarrega pela USB?

  • Sniffer 13/12/2009, 16:27

    Faltou dizer o que acontece se encostar o dedo. Ou usar para brincar com a irmã mais nova, aquela pentelha!

    • henriquem 13/12/2009, 16:54

      se quiser oferecer o dedo para testes, é só avisar!

      • Sniffer 13/12/2009, 20:42

        Não é aconselhável, já que sou meio mosca tonta por natureza. Mas vc tá pagando? kkkkk

        • henriquem 13/12/2009, 20:52

          hahahah zumo aceita voluntários e paga com café e biscoitos, serve? 😛

          • @walter__mercado 14/12/2009, 17:24

            Po, aceito…
            Só não vale acertar no couro cabeludo (será que pega fogo?) .

  • Antônio Pessoa 13/12/2009, 17:00

    Infelizmente, como todo curioso, quis saber a intensidade do choque. Coloquei o dedo no arame e recebi uma descarga considerável para matar um inseto como uma mosca ou mosquito. Mas isso já dava para saber com o uso. Mas acho que deveria fazer parte do review :P.

    Coloca o dedo Henrrique, não mata.

    • henriquem 14/12/2009, 01:20

      post atualizado! não mata mesmo!

  • Alexandre Gorges 13/12/2009, 17:56

    eu usei uma parecida quando morei em Luanda – Angola. foi muito útil.

  • cool joe 13/12/2009, 18:06

    Não quer brincar com um voltímetro, ver a amperagem e tal? 😀
    Se for razoavelmente forte dá pra fazer uma mini cerca elétrica com uns arames ao redor da pessoa e "ai de quem chegue perto de mim!" 8D *lembrando das brincadeiras de choques-de-aperto-de-mão da infância.

  • Testemunha anônima 13/12/2009, 19:52

    não acontece NADA se encostar o dedo – porque a parte elétrica fica dentro, como 'recheio', entre as grades de fora; tanto q, pra testar com ela ligada, vc tem de 'jogar' uma chave do chaveiro, por ex.
    aí, sim, o tléck acontece.

  • Testemunha anônima 13/12/2009, 20:03

    não acontece NADA se encostar o dedo – porque a parte elétrica fica dentro, como 'recheio', entre as grades de fora. tanto assim, q para testar, tem q ser algo q 'entre na raquete' – por ex., os vendedores aqui testam, jogando uma chave do chaveiro: se fizer tléck, tá funcionando.

  • Rodrigo 13/12/2009, 21:19

    fala serio q vcs fizeram materia sobre isso !

  • Ivan Bretas 14/12/2009, 00:04

    O melhor gadget do dia até hoje!rs rs rs
    Hilário!

  • @marioamaya 14/12/2009, 06:43

    O melhor é o símbolo da Anarquia no meio da raquete. Anarquismo está voltando à moda.

  • Jair Godoy 14/12/2009, 14:32

    Meodeos!!!
    Jamais passou pela minha vã filosofia e imaginação que um dia veria, ou leria, no Zumo, um review com tutorial, fotos e demais explicações, inúteis por sinal, sobre uma raquete mata-moscas.
    E pensar que eu acreditava piamente nos conhecimentos de Tecnologia, na Opinião abalizada e independente e na Inteligência antenada e conectada do Henrique e do Mário.
    Se, pelo menos, carregasse via USB, como quastiona o Walter Mercado aí em cima…
    Enfim, Feliz Natal e um excelente 2010 a todos.

  • dflopes 14/12/2009, 18:22

    consome muita energia para recarregar?

  • @joauricchio 14/12/2009, 19:36

    Genial o review. E só mostra a versatilidade do Zumo.
    É um eletrônico de consumo. E o Zumo cobre isso. Não é nada inútil o review, pois esse aparelho vende a rodo.
    E quem acha que esse review invalida o conteúdo excepcional do site, lamento, mas você está no lugar errado. Fique nos sites que parecem ser feitos nos anos 1980.
    O Zumo é o novo. E jornalismo de tecnologia não precisa ser pretencioso ou sisudo.
    Por favor continuem com o conteúdo genial.

    • Marilu_Araujo 10/12/2010, 15:13

      Concordo em gênero, número e grau… Zumo rocks! \o/ 😀

  • Guilherme Mac 14/12/2009, 20:21

    Eu usava uma raquete de ping-pong e adorava o desafio de acertar a mosca em cheio. Vou procurar aqui na minha cidade uma dessas pra ver o que é melhor =]

  • thiago 18/12/2009, 18:21

    comprei uma e durou 2 dias…
    coloco pra carregar, a luz fica acessa, mas nada do tec mais…
    meu irmao comprou uma pra casa dele e tb foi a mesma historia.

    • mnagano 19/12/2009, 11:00

      Para um produto nessa faixa de preço, acredito que sua bateria recarregável não seja algo lá muito confiável. Será q não existe uma versão que funcione com pilha comum?

      Será q ninguém nunca pensou em hackear um desses?

  • lucas jardim 18/12/2009, 22:30

    imagino nagano, andando pelo laboratorio, matando mosca com um… maçarico!! Ja queimou alguma coisa por acidente?

    • mnagano 19/12/2009, 10:55

      Digamos que certa vez um pano de prato ficou ligeriamente "corado".

  • Eder MT 19/12/2009, 01:17

    É, tempos de dengue…
    Bacana o review, Zumo mais uma vez mostrando estar antenado.
    Este "brinquedinho" parece ser interessante.
    Pena que aqui no MT ainda não vi pra comprar, se ver e não estiver "inflacionado" comprarei um…
    Pernigas aqui quase não tem 🙂 , dengue então….

  • José Victor 27/12/2009, 02:00

    No ano passado essa raquete era figurinha fácil entre os camelôs aqui da região metropolitana do Rio, mas agora anda meio desaparecida.

  • Marilu_Araujo 10/12/2010, 15:20

    A raquete aqui de casa é chamada de Trovão Azul… Mata cupins alados (odeio esses malditos!), moscas, mosquitos da banana e o que mais passar voando pela minha frente…

    Só não mato joaninhas. Essas eu faço questão de levar até a janela e soltá-las… Tadinhas… 🙂

    Quanto ao maçarico da Zumo Caverna, UAU!!! Acho que vou pedir um desses no Natal para fazer o caramelado do Crème brûlée ou tostar de leve o suspiro da torta de limão… 😀

  • Rafael Takano 10/12/2010, 15:40

    Crueldade com os animais. Deixa o PETA ficar sabendo disso.

  • rafael machado 28/01/2011, 09:22

    caramba meu!! nas minhas instruçoes da minha raquete esta escrito em chines analfabeto tipo: quando os mesquito está merdendo uma pessoa na se preucpa pode bate tambem nao da choque electrico o mesquito logo merre quando ouve o melodioso som do choque electrico.(trecho das instruçoes)