Gadget do dia: Olympus SP-570 UZ

G

sp570uz_front.jpg

A nova Olympus SP-570 UZ, câmera digital de médio porte para amadores avançados e entusiastas, veio para competir com a FinePix S5800 da Fuji, a PowerShot SX100 IS da Canon ou até mesmo a Lumix DMC-FZ18 da Panasonic. O que elas têm em comum? São modelos que parecem e se comportam como câmeras reflex, mas vem  equipadas com lentes fixas bastante versáteis, que procuram cobrir o maior campo de visão possí­vel, de grande angular í  tele.

Nesse quesito, a SP-570 vem com uma impressionante lente zoom de 4,6~92,0 mm/f2,8~4,5 – o que equivale a 26~520 mm em câmeras 35mm – construí­da com lentes de alta-refração, extra-dispersão (ED) e até de desenho aesférico, para garantir boa qualidade de imagem. Na prática, é um zoom óptico de 20x, creio que o primeiro desse tipo em uma câmera de lente fixa.

Ao contrário de seus irmãos maiores da linha E-Volt, a SP-570 ainda utiliza um sensor CCD de 1/2,33″ com resolução efetiva de 10 MP (contra 8 MP da concorrência) permitindo a captura de imagens de até 3.648 x 2.736 pixels no tradicional padrão 3:4, com exceção do tamanho 1.920 x 1.080 pixels (16:9), a mesma usada nas telas de TV de alta definição 1080i.

Como era de se esperar, para se manter competitivo nesse mercado, a nova digital da Olympus vem equipada com todo tipo de parafernália e novidade tecnológica para todos os gostos e ní­veis de habilidade.

sp570uz_back.jpgPor exemplo, os fotógrafos amadores e casuais irão adorar sua tela LCD de 2,7″ (230 mil pontos), 31 programas diversos (incluindo modos como leilão, por trás de um vidro e fogos de artifí­cio), detector de face e correção/edição de imagens direto na câmera, incluindo recortes, ajuste de cor, brilho, adição de texto, redimensionamento e até mesmo remoção de olhos vermelhos.

Os entusiastas, por sua vez, irão apreciar seu pequeno visor digital (bastante útil sob a luz do sol), sapata para flash externo (incluindo os novos modelos sem fio da empresa), controle manual de velocidade e abertura, trabalhar diretamente em preto e branco ou sépia etc.

Fora isso, todo mundo irá apreciar outros recursos realmente úteis como o duplo sistema de estabilizador de imagem: mecânico via CCD oscilante (yay!) ou digital aumentando a velocidade/sensibilidade ISO (boo!), bracketing para até cinco imagens (+/- 1/3 EV) que pode ser substituí­do pelo pré-visualizador de imagens, que permite tirar uma foto e ver o resultado sem gravá-lo.

A câmera ainda conta com 47 MB de armazenamento interno, slot para cartão xD Picture Card, porta USB 2.0 com saí­da de ví­deo no mesmo conector (boo!), suporte para PictBridge, DPOF e PIM II e alimentação por quatro pilhas pequenas AA ou rede elétrica (via adaptador opcional).

O produto chega ao mercado americano em março pelo preço sugerido de US$ 499 e a câmera já virá com correia de pescoço, cabo, quatro pilhas AA, cabos USB e de ví­deo e CD com sosftware e utilitários para PC e Mac.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos