ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Gadget do dia: My Keepon

Criado originalmente como um instrumento de terapia para tratar crianças autistas, o robô Keepon chega ao mercado na forma de brinquedo neste final de ano no hemisfério norte.

Ele foi concebido pela dupla de doutores Hideki Kozima (Sendai, Japão) e Marek Michalowski (São Francisco, EUA) para estudar o desenvolvimento social e coordenação interpessoal das crianças. Para isso, eles precisavam de um equipamento robótico cuja filosofia orbitasse ao redor de alguns conceitos como beleza e simpatia, personalidade, simplicidade e interação rítmica.

Na falta de quem fizesse o robô, a dupla fundou a BeatBotscujo primeiro produto surgiu em 2007 com o Keepon Pro desenvolvido em parceria com o NICT (National Institute of Information and Communications Technology) do Japão e a Kokoro Dreams, a divisão de robótica da Sanrio (sim, a dona do Hello Kitty).

Sua aparência simples e comportamento dinâmico conquistou o coração de pais, crianças e educadores e até um público mais amplo graças a aparições públicas e vídeos online:

Agora, a empresa anunciou a chegada do My Keepon, uma versão mais simples — que aparentemente só reage a toques e dança de acordo com a música — e que chega ao mercado com preço sugerido em torno de US$ 50, ao contrário das dezenas de milhares de dólares cobradas pelo Keepon Pro. Uma espécie de Furby do século 21:

E pela demo abaixo, apesar dessas limitações ele parece não ter perdido sua personalidade, muito menos o charme:

O produto já está em pré-venda nos EUA e Europa. Mais informações aqui.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • tamagoshi 2.0… eu quero heheheeheheh

  • Lembrei-me da florzinha que se mexia com qualquer reação sonora. Não me lembro o nome oficial do brinquedo, infelizmente.