Gadget do dia: Motorola Droid 2 (Android 2.2)

G

A partir de amanhã o celular de dois terços (Jô e Nagano) deste Zumo estará oficialmente desatualizado, já que a Motorola acabou de mostrar o Droid 2 lá fora. Tá, eu sei que o Droid não existe por aqui (somente seu irmão-clone Milestone),  mas as especificações são, como no original, de babar.

O Droid 2 será vendido pela Verizon Wireless (logo, é CDMA/EVDO) e entra em pré-venda amanhã (11). O design parece o mesmo do Droid/Milestone, com teclado QWERTY integrado e, o mais bacana, Android 2.2 com Flash Player integrado, recursos de hotspot e o incrível Swype para predição de textos (continua com tela de 3,7″ e câmera de 5 megapixels). Preço sugerido? US$ 199 com contrato de dois anos.

O mais bacana (e que não tem fotos ainda, pelo visto) é que o Droid 2 terá uma versão limitada R2-D2 em setembro, com “recursos exclusivos de Star Wars e hardware externo desenhado para parecer com o Droid dos filmes”. Nada ainda sobre o possível lançamento no Brasil de um Milestone 2, mas torço para que seja tão rápido quanto o do Milestone original.

Nagano comenta: Assim como a Lumix LX5, o Droid 2 me parece ser um ajuste fino do modelo original do que uma renovação propriamente dita. Sob esse ponto de vista, o que me agradou mais foi o recurso de tethering (usar o fone como ponto de acesso 3G para PCs com WiFi) e o teclado físico que acabou com o direcional, abrindo espaço para um teclado mais amplo e confortável e novas teclas de função, em especial o de “retorno para a tela anterior” e um botão de microfone (voice memo?)

Eu não me lembro aonde, mas já ví comentários aqui no Zumo de que a versão local — Milestone 2 — já era visto passeando pela fábrica da Motorola em jaguariuna, ou seja, não ficaria surpreso se ele pintasse por aqui antes do final deste ano.

Ah sim, meu Milestone pode deixar de ter último tipo, mas ele ainda é um clássico — como os Opalas 4100 com câmbio no volante…

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos