ZTOP+ZUMO

Gadget (verde) do dia: Monitor USB GreenHouse GH-USD16K

Monitores que se conectam com o PC via porta USB não são novidade, mas o modelo GH-USD16K de 15 polegadas da japonesa GreenHouse dispensa o uso da tomada elétrica (hein?).

Equipado com um painel LCD-LED de 15,6″, o novo monitor da GreenHouse consome apenas 5 watts, o que permite que ele seja alimentado pelo mesmo cabo USB 2.0 de dados que é ligado ao PC. E como acontece com alguns discos rígidos externos, caso a porta USB não consiga fornecer corrente suficiente, a empresa fornece um cabo “Y” com um segundo plug USB só para pegar mais energia de outra porta livre.

Observe porém que para conseguir essa façanha energética, o fabricante deixa claro que esse equipamento deve ser usado apenas como um monitor secundário, já que se comparado com os modelos convencionais, suas especificações são bem modestas a saber:

  • Tempo de resposta —  16ms
  • Pixel Pitch —  0.252mm (H) × 0.252mm (V)
  • Área de visualização — 34,4 × 19,3 cm (LxA)
  • Resolução máxima — 1.366 × 768 pixels
  • Profunidade de cores — 18 bits (262.144 cores)
  • Ângulo de visão — Horizontal 80 ° x  vertical 40 °
  • Relação de contraste —  400:1
  • Brilho —  220 cd/m2
  • Peso — 1,2 kg
  • Dimensões — 37,8 x 28,8 x 14,2 cm (LxAxP)

Interessante notar que até seis deles podem ser ligados no mesmo PC…

… mas para isso a empresa recomenda os seguintes requisitos mínimos de hardware:

  • Para 1~ 2 monitores —  processador de 1.2 GHz single core + 512 MB de RAM
  • Para 3~ 4 monitores —  processador de 1.6 GHz single core + 1 GB de RAM
  • Para 5 ~6 monitores —  processador de 1.8 GHz dual core + 1 GB de RAM

Como esse sistema não é compatível com DirectX nem OpenGL, ele não tem muita utilidade no mundo dos jogos, mas pode ser um recurso interessante para mesas de operação de instituições financeiras ou mesmo aplicações didáticas.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • dflopes 20/01/2011, 11:55

    ótimo para preparar aulas ou digitar trabalhos…

    e ainda evitar que o filho esqueça de estudar e fique jogando COD!