ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: Lente de espelho Kenko-Tokina Reflex para Micro Four Thirds

Teleobjetiva compacta de  300mm/f6.3 utiliza espelhos no lugar de lentes como nos grandes telescópios astronômicos, incluindo o  Hubble.

A Kenko-Tokina anunciou recentemente uma lente de espelho para baioneta Micro Four Thirds batizada de Kenko-Tokina Reflex 300mm/f6.3 o que equivale a uma lente de 600 mm em sistemas de 35 mm.  Ela afirma ser uma das menores deste tipo já criada para uma câmera fotográfica com apenas 6,6 cm de diâmetro, 6,6 cm de comprimento e apenas 300 gramas de peso. Ela aceita filtros de 55 mm e, curiosamente, não incorpora mecanismo de foco automático ou seja, esse ajuste deve ser feito manualmente.

Para quem nunca foi apresentado, essas lentes de espelho — também conhecidas como catadiotrópicas ou simplesmente CAT — são instrumentos ópticos bastante peculiares já que elas não utilizam lentes e sim um sistema  de dois espelhos. Assim, a luz que entra pela objetiva é refletida por um espelho primário na direção do secundário e este por sua vez reflete a luz na direção de um furo existente no espelho principal que chega finalmente ao sensor de imagem .

De fato, esse princípio de funcionamento é baseado no telescópio refletor ou Newtoniano inventado por Sir Isaac Newton (duh!) no século XVII e é usado ainda hoje em grandes observatórios astronômicos ao redor do mundo, incluindo o notório telescópio espacial Hubble.

Se comparada com as teleobjetivas convencionais, as de espelho destacam-se pela simplicidade da sua construção (e consequente menor custo), leveza e dimensões compactas. Em contrapartida, elas não possuem ajuste de diafragma, contando com uma única abertura “máxima” que por sinal nem pode ser considerada “clara” (algo em torno de f8.0). Fora isso, as imagens capturadas costumam ter um contraste menor e apresentar pontos de luz nas zonas fora de foco (bokeh) na forma de anéis característica única dessas lentes.

Essas objetivas de espelho eram muito populares entre os anos 1950~1980 devido ao seu baixo custo e até hoje elas são oferecidas por diversos fabricantes como Polaroid, Vivitar, Opteka, Rokinon, etc. por preços que variam de US$ 100 a US$ 200 por modelos de 500mm a 800mm.

Dito tudo isso, valeria a pena comprar a Tokina Reflex? Se ela ficar nessa faixa das suas concorrentes, pode ser que ela seja uma lente legal para brincar com as imagens, como fazem os adeptos de Toy Camera.

Mais informações aqui.

 Ainda em tempo:

Além dessa lente, a Kenko-Tokina também anunciou uma nova linha de lentes de espelho de 400mm/f8.0 para diversas baionetas como Nikon F, Canon EF, Pentax K e Sony Alpha. Neste caso, trata-se de uma lente ligeiramente maior (7,4 cm de diâmetro, 8,2 cm de comprimento e 340 gramas de peso) e que aceita filtros de 67 mm. O seu sistema de foco também é manual.

Entretanto, o que me realmente me chamou a atenção é que nessa linha ainda aparecem outras duas lentes de 400mm/f8.0 para DSLM, uma para Micro Four Thirds:

E outra para Sony E (NEX).

Analisando as especificações dessas duas lentes, o que deu para entender é que se trata-da mesma objetiva para Nikon, Canon, etc. porém numa cor diferente e equipada uma com baioneta do tipo  T-mount, acrescido de um adaptador apropriado já instalado de fábrica.

Wai-wai.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Hugo Leonardo 24/02/2012, 12:31

    Tá querendo ser uma Nex c3

    • mnagano 24/02/2012, 13:07

      Nope, a E-P3 é um bicho completamente diferente: ele tem flash embutido (com opção de uso de flash externo sem adaptador), tela OLED de 3" com touchscreen e estabilizador no sensor de imagem o que permite que qualquer lente — inclusive essa Tokina — desfrute desse recurso.

  • dnmessias 24/02/2012, 14:25

    Eu sou leigo no assunto, então seria interessante poder ver algumas fotos tiradas com esta "lente de espelho" e com uma lente comum pra ver a diferença. Sabe onde posso encontrá-las?

    • mnagano 24/02/2012, 17:06

      Botei um link no texto acima no trecho "pontos de luz nas zonas fora de foco (bokeh) na forma de anéis"

      De qualquer modo, procure no Google pelo termo "mirror lens pictures"

  • ttdo_19 24/02/2012, 14:46

    Na verdade essa sistema é baseado em outro tipo de montagem refletora chamado de Cassegrain, http://en.wikipedia.org/wiki/Cassegrain_reflector. Ela tem vantagem em relação a montagem com lentes (sistema refrator) devido a diminuição (quase total) da aberração cromática. E a vantagem em relação a montagem Newtoniana é ser muito mais compacta.

    • mnagano 24/02/2012, 16:52

      Sim sim, você está certo. Mas é que preferi parar no modelo newtoniano para não esticar/complicar demais essa história. 😉

      O curioso é que conhecia essa montagem como Schmidt–Cassegrain. Não sabia que ele tinha um predecessor.

      http://en.wikipedia.org/wiki/Schmidt-cassegrain

      Vivendo e aprendendo.

  • Geraldo Neto 18/06/2014, 13:03

    Gostei muito desse artigo!
    Totalmente rico em informações, parabéns!