ZTOP+ZUMO 10 anos!

Gadget do dia: knfbReader Mobile

N82Junte um celular com tela grande, câmera com grande resolução e som estéreo a um software para ler textos e ampliar caracteres, pronto para pessoas com deficiência visual, dislexia e até mesmo cegueira. Em um mundo onde pessoas com deficiências são quase sempre ignoradas pelos fabricantes de tecnologia, é uma boa idéia.

O aparelho não é nada novo, na verdade. É um Nokia N82 (escolhido por rodar o sistema operacional Symbian e ser o único da linha a ter flash Xenon). O interessante do knfbReader Mobile é o software, desenvolvido pela kfnbReader (criada em parceria entre a Associação Norte-americana dos Cegos e o pesquisador/futurólogo Ray Kurzweil). O programa temA tela do software reconhecimento de caracteres e tecnologia de conversão de texto para fala, além de um recurso de processamento de imagens para tornar mais definidas as fotos capturadas pelo celular.

Segundo o comunicado oficial do lançamento do knfbReader Mobile, os deficientes visuais terão acesso a todas as funções principais dos aparelhos mais avançados no mercado – incluindo ví­deo, música, GPS, Wi-Fi, fotografia, e-mail, mensagens de texto e calendário/agenda, entre outros. E toda informação armazenada no telefone pode ser transferida para PCs ou dispositivos de Braille em segundos. Por enquanto, o software só existe em inglês.

Nagano comenta: essa iniciativa me parece muito interessante, mas espero que os fabricantes de celulares desenvolvam modelos mais adequados para pessoas com deficiências fí­sicas e visuais. O N82 parece ser um ótimo começo, mas duvido que algum deficiente visual ou com algum problema de coordenação motora consiga digitar algo nesse tecladinho mardito. Poderia ser algo como este controle remoto da Sony – não exatamente belo, porém simples e prático.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin