Gadget do dia: HTC One Mini

G

Se você não consegue ganhar dinheiro direito com Android, copie as ideias de quem ganha: o HTC One Mini é uma versão reduzida do superfone HTC One (onde será que eu vi esse conceito de “mini” antes mesmo?)

Segundo a HTC, o One original “está disponível em 181 países e 583 operadoras em todo o mundo” (menos no Brasil, de onde os taiwaneses não entenderam o mercado local e pularam fora). O que dá a entender é que existe interesse do consumidor no aparelho, mas nem todo mundo quer uma tela grande (4,7″) e por isso criaram o HTC One Mini, com tela de 4,3″ e configurações mais simples que o irmão maior.
htc-one-mini-silver-en-slide-04

O One Mini, com o mesmo corpo em alumínio, usa um processador Qualcomm Snapdragon 400 dual-core de 1,4 GHz (o 400 é o novo Snapdragon “de volume”), tem 1 GB de RAM, 16 GB internos (sem expansão), roda Android 4.2 “Jelly Bean” com a interface Sense 5 e a mesma câmera de 4 megapixels com a tecnologia “UltraPixel” (pense no Nokia PureView simplificado).

Sai em agosto em “mercados selecionados” e em setembro no resto do mundo (menos no Brasil), sem preço divulgado ainda.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos