ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: Célula de combustível Toshiba Dynario

dynario_intro

É um pássaro? É um avião? É mais uma mardita caixinha de som para iPod? Não, é um Dynario! Um gerador de energia portátil baseado na tecnologia de célula de combustível DMFC e que já está à venda no Japão.

Seu princípio de funcionamento é bastante simples: basta carregar seu tanque interno com metanol que sua célula de combustível começa a gerar eletricidade que pode ser usada em qualquer dispositivo que possa ser recarregado via porta USB (5 volts CC x 400mA). Ele mede 15,0 × 7,4 ×2,1 cm (LxAxP) e 280 gramas de peso, o que permite carregá-lo facilmente em qualquer bolsa.

Na minha opinião só isso já é uma grande sacada. Mas além disso, o Dynario vem equipado com uma bateria interna de íons de lítio que armazena a sobra de energia gerado pela célula de combustível. Sua principal aplicação é funcionar como uma espécie de bateria de emergência para pequenos dispositivos móveis como celulares, videogames e players de música. Sua autonomia varia de acordo com o consumo de cada dispositivo.

dynario_charging

Seu pequeno tanque de combustível de 14 ml é recarregado por meio de pequenos frascos de metanol de 50 ml que estão sendo vendidos em pacotes de cinco unidades pelo preço sugerido de 3.150  ienes (~ R$ 60) o que proporcina algo como 17,5 recargas.  O aparelho em si está sendo vendido no site da empresa por 29.800 ienes (R$ 567).

Mais informações aqui.

Henrique comenta: imagina os agentes de segurança de qualquer aeroporto do mundo surtando com essa recarga líquida…

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Walter Mercado 06/11/2009, 09:08

    putz metanol…
    menos da metade do frasco pode cegar e dois podem matar, tomara que tenham um bom método para evitar ingestão, morro de medo de criança achar que é suco.
    Sem contar que, quando pega fogo, é quase invisível.

    mas a proposta é ótima. (e o logo tem um quê de blu-ray?)

    é viagem imaginar tomadas usb na instalação doméstica?

  • Fabio Sabba 06/11/2009, 09:32

    “É mais uma mardita caixinha de som para iPod?”
    Coisa de gênio. 😀

  • Sandro Souza 06/11/2009, 10:30

    Olá Nagano.

    Realmente achei muito interessante essa sacada só acho que o metanol não seria muito fácil de encontrar aqui no Brasil mas, a intenção já é boa… se desse pra fazer isso com nosso etanol seria nota 10.

    Gostei muito da matéria, está de parabéns!

    Eu também tenho um blog e me sentiria honrado se pudesse visitá-lo.

    Acesse o Bravo Mundo Digital. http://www.bravomundodigital.com.

    Obrigado e aguardo vocês por lá.

    Sandro

  • MARIO 07/11/2009, 08:09

    muito bom a matéria.
    ja tinha visto em um artigo do carlos morimoto.

  • dflopes 11/11/2009, 10:22

    será que é possível usar o nosso etanol?
    Mas teria que ser flex, para trabalhar c/ água tb… ¬¬

  • ljoj2@hotmail.com 15/11/2009, 21:29

    Particularmente prefiro o carregador a dínamo, da motorola. Usa mais força,porem não fica dependente de combustível.