Gadget do dia: Garrafa LifeSaver

G

O Lifesaver é uma das coisas mais bacanas que já vimos por aqui. A garrafa (existe uma versão em galão também) consegue tornar potável qualquer tipo de água, removendo vírus, bactérias, cistos e parasitas, garantindo 99,99999% de pureza na água. E se você viaja/acampa/tem medo de tomar água em locais desconhecidos, a Lifesaver é… sua salvação 😉

A limpeza ocorre graças a um sistema de ultrafiltragem (inspirado em aplicações industriais), usando poros de 15 nanômetros de diâmetro sem precisar usar substâncias químicas. E quando o cartucho de filtragem atinge sua capacidade máxima, é bloqueado automaticamente, evitando o consumo de água contaminada. Olha só como fica o “antes e depois” da água com o Lifesaver:

Segundo a Ecotrends Group, que está vendendo a garrafa de 750 ml no Brasil e na América Latina, um dispositivo desses é capaz de fornecer 32 litros de água limpa por dia e, dependendo do modelo, sua duração do filtro é de até 6 mil litros de água potável. Parece… mágico, não?

A versão maior da Lifesaver, um galão, foi utilizada para filtrar água para vítimas do terremoto do Haiti, como demonstrado no vídeo abaixo.

(Link do vídeo)

Para comprar uma, acesse o site da Lifesaver Brasil. Uma garrafa tem o preço sugerido de R$ 599 e seria muito muito bacana se o site brasileiro tivesse o mesmo método de “compre 1, doe 1” do Lifesaver da Inglaterra.

Nagano comenta: Nosso leitor Fred escreveu num comentário perguntando se esse sistema retiraria o sal da água do mar. Pelo que pude levantar — infelizmente não — mas eu me lembrei que existe outra engenhoca muuuito interessante que faria isso — o WaterCone:

A idéia em si é simples e barata: coloca-se água salgada no seu interior e o calor do sol faz com essa se transforme em vapor que se consensa na sua cúpula na forma de cone que escorre para uma calha interna na forma de anel localizado na sua borda. Ai é só virar o cone e coletar a água limpa. Pode demorar um pouco, mas pode valer a pena no caso de vítimas naufrágio que tem bastante tempo livre.

Veja o dispositivo em ação:

(Link do vídeo)

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

<span class="dsq-postid" data-dsqidentifier="28395 http://zumo.com.br/?p=28395">comentários</span>

  • Por esse preço, nota-se que ainda se paga caro pela vida…
    A idéia em si, é excelente.

  • A única coisa que me parece estranha, é que na foto comparativa o copo com água suja parece estar mais vazio que o copo com água limpa.

  • Preço super acessível, principalmente, para a população que precisa dela.
    Para as forças armadas é uma mão na roda.

    • André, a compra é destinada a organizações e governos, não ao cidadão desesperado! Aliás, a Ecotrends já está estudando uma forma de fabricar localmente o produto, o que pode baratear horrores o preço!

    • Segundo o FAQ americano (pq o em português ainda não tem respostas) ele até consegue filtrar resíduos marinhos, mas não consegue remover os sais minerais dissolvidos na água, ou seja, ela fica mais limpa, mas infelizmenete continua salgada.

      • Meu Deus, quanta ignorância…

        O Dia em que deixar uma agua salgada potável, é a salvação do planeta.

        Vamos com calma, isso é apenas um purificador de detritos e poluentes, já é um grande avanço, mas botar o nome de lifesaver é no mínimo frustrante.

  • Se for considerar que uma garrafa de 500ml de agua mineral custa R$ 1 real, nao esta caro.
    Pois de acordo com as informações a vida util do filtro é de 6000l. É uma conta simples, e voces verão que é vantajoso.
    Mas a questão mesmo, que quem deve comprar é o governo, e distribuir os galões juntos as defesas civil, para que em caso de catastrofes naturais, nao se precise ficar fazendo campanha para que se doe agua mineral.

    • É isso mesmo, Henrique! A ideia é o produto ser adotado por governos e instituições. E o preço do litro d´água cai absurdamente! Para um povo que depende de carro-pipa e seus preços extorsivos…

  • O preço é alto, mas o custo benefício compensa. Menos de 15 centavos o litro de água.
    Para quem viaja ou acampa como eu, vale a pena.
    Vou comprar.

  • qdo passei um ano no quartel (infantaria de selva), só tinhamos acesso a 1L de água em longas marchas de 40Km (com a mochila de 30Kg nas costas)

    Depois que acabava a ultima gota, pegavamos agua de charcos (água com lama mesmo), passamos pela camisa para tirar a "sujeira grossa" e jogavamos tablets de cloro para desinfectar!

    Mas não ficava a melhor coisa do mundo!

    Essa "garrafinha mágica" será uma mão na roda para militares, escoteiros, "acampadores", trilehiros, zonas de conflito e desastres!

    • dflopes, a garrafa ganhou o prêmio de melhor tecnologia do mundo para o soldado. Ela elimina a necessidade de carregar litros e litros de água nas costas!

  • Trata-se de um produto inovador no qual voce previne doenças transmitidas por microorganismos veiculados pela água, a um custo de R$ 0,10 (dez centavos por litro).
    Pessoal, este é o preço do produto que é bastante atraente. Porém o custo, em Reais, de um doente
    internado; o custo de um tratamento de doenças veiculadas pela água, incluindo consultas, exames, medicamentos, internações; o preço, em alguns casos, de uma vida?
    Imaginem nossos irmãos de outros Estados que não têm acesso à água potável!!.
    Sem dúvida trata-se de algo revolucionário.

  • Achei9 ótima a aplicação para regiões atingidas por cataclismos, como terremotos e enchentes…

  • Fantástico, sem palavras. Vou comprar um para viajar!! Quem é mochileiro de carteirinha sabe o quanto uma garrafa deste tipo pode ser útil!!!

  • Mas tem como trocar o filtro ? E comprar outro? E os residuos como coloco fora?

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos