ZTOP+ZUMO 10 anos!

Gadget do dia: Engie

Da série “coisas complicadas que podem se tornar simples”, o Engie é um misto de aplicativo com hardware para ajudar motoristas a transformar seus carros em veículos conectados. E já está à venda no Brasil.

O Engie funciona com o aplicativo conectado a um dongle padrão OBD2 (On-board Diagnostics). Esse padrão está presente na maioria dos carros que rodam Brasil afora, basta encaixar o conector (na foto que abre este post) e sincronizar via Bluetooth com o smartphone (Android ou iOS).

O sistema, com linguagem simples, é capaz de identificar mais de 10 mil falhas mecânicas – de bateria descarregada a motor superaquecido. Além das falhas mecânicas, o app traz uma lista de mecânicos próximos – em uma segunda fase, vai mostrar avaliações de usuários sobre as oficinas e preços de serviços oferecidos.

Segundo dados divulgados pela Engie, startup fundada em Israel em 2014 – e que tem entre criadores Uri Levine, co-fundador do Waze -, o serviço já tem 200 mil usuários mundo afora (mercados-chave: Israel, Reino Unido, Estados Unidos, Espanha, México e agora Brasil).

O Engie está à venda pelo valor inicial sugerido de R$ 59 (compatível com Android) e R$ 79 (iOS). O aplicativo é gratuito nas lojas e, por questões de segurança, cada conector OBD2 só funciona com um smartphone pareado.

[Engie]

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Juan Lourenço

    Parece bem interessante, só fiquei na dúvida (e realmente nem no site eles falam) de que tipo de coisas ele consegue apontar, porque não ajuda muito se forem só aqueles avisos padrão que só incluem coisas mais graves

    • Henrique Martin

      eles me deram um. vou instalar no carro da sogra no fim de semana, nos falamos em 1 mês 🙂

      • Juan Lourenço

        Boa, avise quando falar sobre, por favor haha

  • lucianojs

    Ideia interessante, cheguei a comprar aqueles adaptadores xing ling mas o aplicativo que usei (Torque)foi confuso até pra mim, fico imaginando pra usuários mais leigos.

  • Deu a impressão de ser meio “travado” no que ele pode mostrar das informações dos carros. Parece que o fabricante resolveu guardar a versão “PRO” / “PLUS” para o futuro 😛

    • Henrique Martin

      eles dizem que o modelo de negócios é receber um valor X dos mecânicos quando o sistema de indicações começar a funcionar (estilo Uber) e que o app continua gratuito.

  • Diogo

    Bem interessante. Por coincidência, eu instalei o app ontem, por conta de outra notícia (que não citava o aparelhinho). O que mais me surpreendeu foi o valor do mesmo: apenas R$ 59, bem barato na minha opinião. Será que tem estoque aqui ou tá sendo fabricado por aqui?

    • Ubiratã Muniz Silva

      também não achei caro, se tiver estoque aqui e não precisar esperar 60 dias pra vir da China.

  • Adriano De Lima

    Excelente solução!
    E pensar que eu e um amigo pensamos há uns 5 anos atrás em desenvolver um serviço assim.

  • ditom

    Na verdade seria mais interessante se ele permitisse alguns ajustes no funcionamento da central de comando do carro, tipo modo econômico ou com potência extra. Acho que isso é possível porque essas centrais permitem ser remapeadas. E acho que já vi aparelhos assim sendo vendidos no exterior…

    • Ubiratã Muniz Silva

      esses dongles bluetooth são só pra leitura.

      os esquemas de mapeamento são mais complexos, geralmente usam software desktop (em um laptop) e ligação direta via cabo USB.

      mas como curiosidade, a Vance & Hines fabrica um módulo bluetooth que liga na central da moto (o sistema das Harley-Davidson é CAN-BUS) e você pode efetivamente remapear a injeção por meio de um aplicativo de celular. Se chama Fuelpak FP3. Eu tenho um, a parada é sensacional. E também serve para diagnóstico.

  • tuneman

    Esses conectores são bem comuns no Aliexpress e já há apps que fazem a ‘tradução’ dos avisos.
    Ele pode servir como uma boa ferramenta se você souber interpretar a informação.
    Na oficina que trabalho temos um Rasther 3. Ele permite até modificar algumas configurações e sensores, mas somente o que o fabricante permitir. Se quiser algo mais avançado é necessário ‘hackear’ a BSI ou ECU.

    • ditom

      E como você descobre o que o fabricante permite que seja alterado? Tentativa e erro?
      O que são BSI e ECU?

      • tuneman

        O Rasther exibe as opções a serem alteradas. Aí varia de veículo e fabricante.
        BSI é a central dos Peugeot e Citroen (alias, muito frágeis) e ECU é uma central de injeção.

        Tem um aparelho chinês muito interessante chamado Launch. Temos um aqui que roda sobre Windows Embedded, mas está desatualizado e sai caro atualizar.
        Esse funciona muito bem com veículos importados.
        As versões mais recentes estão vindo para Android junto com um leitor OBD2 similar ao do post.

    • sigma7777777

      Pode citar alguns exemplos do que de positivo pode ser alterado?

  • Ricardo Pinheiro

    Eu já vi desses conectores OBD2 à venda na DX e na AliExpress, mas esse é mais evoluído, com um aplicativo mais caprichado, etc. Gostei. Só quero saber onde fica o conector OBD2 dos Palio Weekend Adventure.

  • Ubiratã Muniz Silva

    o aparelhinho bem que poderia vir com um cabo “slim”, pois na maior parte dos carros pra você andar o tempo todo com esse dongle você tem que arrancar alguma tampa de acabamento (como por exemplo da caixa de fusíveis), senão não cabe.

    https://pt.aliexpress.com/item/2014-New-Arrival-Flat-Thin-As-Noodle-OBDII-OBD-II-OBD-2-OBD2-16-Pin-ELM327/1880166168.html

    no Nissan March (por exemplo) você tem que tirar aquela tampa inferior do painel, do lado esquerdo, fica muito feio sem aquele acabamento com a fiação toda exposta.

    • Marcel

      valeu pela ideia! ja comprei esses cabos pelo seu link.

      • Ubiratã Muniz Silva

        também já encomendei hehehe. quando chegar eu testo.

  • sigma7777777

    Hum, tenho um adaptador assim e acho que este aí faz a mesma coisa, mas com o adicional de sugestões de mecânicos por perto, mas nada que não se possa encontrar no Google Maps.