Gadget do dia: Engie

G

Da série “coisas complicadas que podem se tornar simples”, o Engie é um misto de aplicativo com hardware para ajudar motoristas a transformar seus carros em veículos conectados. E já está à venda no Brasil.

O Engie funciona com o aplicativo conectado a um dongle padrão OBD2 (On-board Diagnostics). Esse padrão está presente na maioria dos carros que rodam Brasil afora, basta encaixar o conector (na foto que abre este post) e sincronizar via Bluetooth com o smartphone (Android ou iOS).

O sistema, com linguagem simples, é capaz de identificar mais de 10 mil falhas mecânicas – de bateria descarregada a motor superaquecido. Além das falhas mecânicas, o app traz uma lista de mecânicos próximos – em uma segunda fase, vai mostrar avaliações de usuários sobre as oficinas e preços de serviços oferecidos.

Segundo dados divulgados pela Engie, startup fundada em Israel em 2014 – e que tem entre criadores Uri Levine, co-fundador do Waze -, o serviço já tem 200 mil usuários mundo afora (mercados-chave: Israel, Reino Unido, Estados Unidos, Espanha, México e agora Brasil).

O Engie está à venda pelo valor inicial sugerido de R$ 59 (compatível com Android) e R$ 79 (iOS). O aplicativo é gratuito nas lojas e, por questões de segurança, cada conector OBD2 só funciona com um smartphone pareado.

[Engie]

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos