Gadget do dia: Eneloop Bike Hybrid

G

Mais conhecida no ocidente pela sua linha de pilhas recarregáveis, a marca Eneloop da Sanyo expande seu universo para o mundo do transporte individual e ecologicamente correto na forma de uma bicicleta elétrica.

Já falamos aqui no Zumo sobre essa tecnologia — especificamente nos modelos da Panasonic —, mas a Sanyo inova com a implementação de um novo modo de tração 1:2 onde em cada peladalada o ciclista aplica apenas 1/3 do seu esforço, contra 2/3 do motor da bicicleta. Isso torna o seu uso bem mais confortável e menos cansativo que os modelos com relação 1:1.

E como na Panasonic Vivi RX-10S, a Sanyo aplica sua tecnologia Hybrid, onde o movimento gerado pela bicicleta (principalmente em descidas ou desaceleradas) ativa um gerador que ajuda a recarregar a sua bateria — não ao ponto de dispensar a carga da tomada — mas que ajuda a aumentar a sua autonomia, algo em torno de 100 km com uma recarga completa de 3,5 horas. Isso vem de encontro ao conceito que a empresa chama de “Think Gaia“, onde a energia pode ser “gerada, armazenada e conservada” ao mesmo tempo.

Os modelos estarão disponíveis no Japão e diversas cores com aro 24, 26 e 27 a partir do ano que vem a preços que começam à partir de 91.140 ienes até 136.290 ienes (R$ 2.366 e R$ 3.539 respectivamente). Mais detalhes aqui.

Para quem não sabe, a Sanyo é uma das empresas mais avançadas no desenvolvimento de sistemas de energia limpa e reutilizável (energy loop = eneloop) — em especial nas baterias recerregáveis e células solares — ao ponto da Panasonic estar muuuito interessada na sua compra por causa dessa tecnologia (quem leu aqui soube primeiro).

Ainda em tempo:

Como não podia deixar de ser (principalmente de um produto vindo do oriente), a linha Eneloop também conta com um mascote simpático e fofinho que responde pelo nome de Eneloopy.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos