ZTOP+ZUMO 10 anos!

Gadget do dia: Eneloop Bike Hybrid

Mais conhecida no ocidente pela sua linha de pilhas recarregáveis, a marca Eneloop da Sanyo expande seu universo para o mundo do transporte individual e ecologicamente correto na forma de uma bicicleta elétrica.

Já falamos aqui no Zumo sobre essa tecnologia — especificamente nos modelos da Panasonic —, mas a Sanyo inova com a implementação de um novo modo de tração 1:2 onde em cada peladalada o ciclista aplica apenas 1/3 do seu esforço, contra 2/3 do motor da bicicleta. Isso torna o seu uso bem mais confortável e menos cansativo que os modelos com relação 1:1.

E como na Panasonic Vivi RX-10S, a Sanyo aplica sua tecnologia Hybrid, onde o movimento gerado pela bicicleta (principalmente em descidas ou desaceleradas) ativa um gerador que ajuda a recarregar a sua bateria — não ao ponto de dispensar a carga da tomada — mas que ajuda a aumentar a sua autonomia, algo em torno de 100 km com uma recarga completa de 3,5 horas. Isso vem de encontro ao conceito que a empresa chama de “Think Gaia“, onde a energia pode ser “gerada, armazenada e conservada” ao mesmo tempo.

Os modelos estarão disponíveis no Japão e diversas cores com aro 24, 26 e 27 a partir do ano que vem a preços que começam à partir de 91.140 ienes até 136.290 ienes (R$ 2.366 e R$ 3.539 respectivamente). Mais detalhes aqui.

Para quem não sabe, a Sanyo é uma das empresas mais avançadas no desenvolvimento de sistemas de energia limpa e reutilizável (energy loop = eneloop) — em especial nas baterias recerregáveis e células solares — ao ponto da Panasonic estar muuuito interessada na sua compra por causa dessa tecnologia (quem leu aqui soube primeiro).

Ainda em tempo:

Como não podia deixar de ser (principalmente de um produto vindo do oriente), a linha Eneloop também conta com um mascote simpático e fofinho que responde pelo nome de Eneloopy.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Victor Hugo Ortiz

    Mário, será que chega por aqui???
    Abraços

  • Sei não Victor,

    O problema dessas bikes é que, se elas já são caras pra dedéu mesmo no Japão, imagine aqui no Brasil com os custos de importação + impostos. Pelas contas que eu fiz uma vez, dava pra comprar uma moto.

    A vantagem dela por aqui é que, com esse visual meio brega, pode ser até que ele não seja tão visado pela bandidagem.

    Se vc se interessou pelo conceito, tem uma empresa no Brasil que comercializa um kit de motor elétrico para adaptar em bikes. O sistema é simples — não é nenhuma Eneloop — mas deve ajudar nas subidas:

    http://www.brazilelectric.com.br/index.htm

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Gadget do dia: Eneloop Bike CY-SPJ220()