Gadget do dia: Celular infantil Kyocera Mamorino

G

Criado especificamente para crianças de até 10 anos, o Kyocera Mamorino é um sonho de consumo para pais cada vez mais modernos e preocupados em proteger seus filhos dos perigos do mundo real e digital.

Ao contrário dos modelos convencionais, o Mamorino mede apenas 4,6 × 8,6 ×1,8 cm (LxAxP) e vem com uma pequena tela LCD QVGA de 2″ e não possui teclado numérico. Assim a criança só pode ligar para três os números pré-programados pelos seus pais bastando para isso pressionar as teclas 1, 2 ou 3. Isso evita a possibilidade que ela ligue para estranhos e se meta em alguma encrenca.

Outra grande sacada desse aparelho é que ele vem com um GPS embutido que pode ser usado pelos pais/responsáveis para localizar o celular ou pela própria criança para enviar um sinal informando sua localização no caso de sentir-se perdido. Uma vez ativado ele emite um sinal a cada minuto até ser encontrado.

Outro recurso interessante é a presença de uma luz de emergência que pode funcionar como lanterna e, ao puxamos a arg0la da correia com mais força ela aciona um alarme bastante alto e envia pedidos de socorro para órgãos de segurança. Ele será oferecido nas cores azul e laranja e será vendido apenas no Japão pela operadora KDDI a partir de janeiro de 2010 como parte de sua linha de telefones AU. Seu preço ainda não foi divulgado.

Mais informações aqui.

Ainda em tempo:

Eu suspeito que o nome e o formato do Mamorino tenha sido inspirado nos Omamori, um tradicional amuleto religioso japonês usado para proteger e trazer boa sorte para pessoas e mesmo objetos como bolsas até carros — como aqueles enfeites orientais que as pessoas penduram no retrovisor do carro. Mamori em japonês significa proteção.

Omamori_Protection

No mangá Maison Ikkoku de Rumiko Takahashi, Ibuki Yagami manda um omamori para Yusaku Godai para protegê-lo durante uma entrevista de emprego conduzida pelo irado pai da menina que prometeu acabar com o cara que se meteu com sua filha.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos