ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: Philips Noodle Maker

Disponível apenas na Ásia, nova máquina de fazer macarrão da Philips mistura e modela a massa em apenas 5 minutos.

Da série “lugar de geek é na cozinha”, depois da engenhosa fritadeira Air Fryer e da surpreendente panela de pressão elétrica, a Philips lançou no mês passado mais uma engenhoca para facilitar a vida de quem gosta de cozinhar: o Philips Noodle Maker (modelo HR2365/01):

Philips-Noodle-Maker_overall

Como o próprio nome sugere, ela é uma pequena máquina de fazer macarrão…

Philips-Noodle-Maker_pecas

… onde o cozinheiro coloca farinha no compartimento superior, liga o sistema e adiciona aos poucos água para fazer a liga e bater a massa e, depois de alguns minutos a pasta é empurrada para fora (com uma força de 720 kg!) passando por um gabarito na forma desejada, ficando assim pronta para o preparo.  Segundo a fabricante, cada receita rende aproximadamente 500 gramas de macarrão.

Philips-Noodle-Maker_making

E é claro que fora a receita básica, é possível fazer outras de tudo quanto tipo de cor, sabor e formato:

Philips-Noodle-Maker_tipos2

Porém, o que realmente me chamou a atenção desse produto, é que a versão comercializada no Japão vem com uma série de gabaritos capazes de modelar a massa nos formatos mais típicos da  tradicional culinária local…

Philips-Noodle-Maker_tipos2b

… como soba, udon e rámen, pratos por sinal que tem uma certa mística entre os japoneses já que, devido a sua simplicidade no preparo e infinitas combinações é como a receita do pão de queijo da vovó ou o tempero de feijão da mamãe por aqui: cada uma tem a sua e é claro que é a melhor de todas! — E com uma dessas máquinas, o trabalho de comprovar isso para o resto mundo fica muito mais fácil, né?

Philips-Noodle-Maker_tipos3

O Noodle Maker da Philips mede 21,5 x 34,3 x 30 cm (LxAxP), pesa aproximadamenye 7,8 kg, consome ~200 watts e por enquanto, ele está disponível apenas na Ásia (ou mais exatamente Hong Kong, Taiwan e Japão), sendo que nesse último país ele pode ser encontrado no Amazon.co.jp pela bagatela de 29.750 ienes (~R$ 662) ou U$ 602 no Japan TrenShop.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Adriano De Lima 07/08/2014, 11:10

    Ler este post as 11h me deixou morrendo de fome, pena que eu não conheça um lugar legal pra comer um Rámen por aqui na São Bento.
    Alguém pode me indicar um? ^^

    • Mario Nagano 07/08/2014, 11:20

      Daniela Braun, jornalista extraordinária do G1/CBN e graande amiga deste Ztop responde:

      http://goo.gl/G3wJ16

      • Adriano De Lima 07/08/2014, 11:28

        Valeu Mr. Nagano!

  • Mario Nagano 07/08/2014, 12:16

    De um certo modo, em termos de inovação a Philips é para os europeus o que empresas como Sony, Toshiba ou Panasonic são para os japoneses.

  • Cesar Cardoso 07/08/2014, 15:32

    Bem que a Philips podia lançar fora da Ásia…

  • Fábio Rodrigues Ribeiro 08/08/2014, 11:24

    Parece besta ser usado em um lar doméstico mas para um pequeno restaurante, pode ser uma boa pedida.

    • Mario Nagano 08/08/2014, 19:03

      Mais ou menos. Acredito que o público alvo desse produto seja o mesmo que hoje compraria (ou já tem) uma máquina de fazer pão ou café expresso.

      Fora isso, ela só prepara 500 gamas de pasta por vez.