ZTOP+ZUMO

Gadget do dia: G-Shock×Transformers Master Optimus Prime Resonant Mode Set (DW-6900TF-SET)

Desenvolvido em parceria com a Takara Tomy essa figura de ação assume dois modos e pode ostentar a frente de um relógio G-Shock no peito.

Criado para comemorar os 35 anos do lançamento do primeiro relógio G-Shock (completado em 2018) e os 35 anos do lançamento dos Transformers (a completar em 2019) o G-Shock × Transformers Master Optimus Prime Resonant Mode Set é a combinação de dois ícones do design, da engenhosidade e porque não da cultura pop japonesa que conquistou primeiro os EUA e depois o resto do mundo nos anos 1980:

Esse produto — batizado de DW-6900TF-SET — é uma série limitada formada por um relógio G-Shock comemorativo da Casio que pode ser montado numa espécie de altar criado pela Takara Tomy batizado de Pedestal Prime que, como é de se esperar…

… diante de alguma ameaça dos Decepticons, ele pode ser transformar num robô…

… batizado de Master Optimus Prime que ostenta a frente do relógio no seu peito:

O relógio em si é um G-Shock modelo DW-6900TF-4 que nada mais é do que uma edição customizada do DW-6900 com as cores vermelha e azul características do personagem Optimus Prime…

… sendo que o símbolo dos Autobots aparece no fundo da tela quando seu backlight é acionado:

Segundo a Casio esse relógio é a prova d’água e resiste a pressões de até 20 ATM, possui função de cronômetro, múltiplos alarmes, calendário completo, display com fundo eletroluminescente, etc. Ele é alimentado por uma bateria de lítio CR2016 com autonomia de ~2 anos e mede aproximadamente 5,32 × 5,00 × 1,63 cm. Sua caixa e correia é de resina e pesa apenas 67 gramas.

Como era de se esperar de uma série limitada, esse produto é direcionado para colecionadores e fãs da série, de modo que — inicialmente — ele só será vendido no Japão pelo site da Takara Tomy na forma de loteria.

Como assim? Os interessados devem se inscrever no site entre os dias 19/11 até 22/11 só que ao contrário do sistema “quem chegar primeiro, leva” a Takara Tomy irá sortear um grupo grupo de “felizardos” ganharão o direito comprar um exemplar pela bagatela de 29.000 ienes (~R$ 968) + impostos. Eles serão avisados por email a partir do dia 30/11 com entrega prevista para o dia 8/12.

Vale a pena ressaltar que a empresa só vai aceitar pagamento à vista (e em dinheiro) o que deve ser feito na hora da entrega do produto no endereço do cliente. E até por causa disso a empresa não vai cobrar frete: 😉

Depois disso, o nosso palpite é que ele vai aparecer aos montes nos sites de leilões por um precinho menos camarada.

Curiosamente, a Takara Tomy também vai comercializar uma versão desse Transformer sem o relógio da Casio pela bagatela de 16.000 ienes (~R$ 534). Só que neste caso o espaço no pedestal/peito do robô é preenchido por uma jóia mística de Cybertron que pode ser substituído a qualquer hora por um Casio G-Shock das séries 5600 ou 6900:

Pelo que dá para entender no vídeo acima essa versão com a jóia seria o Master Optimus Prime no seu modo “normal” sendo que com a incorporação do relógio G-Shock ele ganharia mais poderes transformando se no Master Optimus Prime Resonant Mode.

わい! わい! 😀

Mais informações aqui.

Trivia: Apesar de ter sido criada no Japão pela Takara Tomy, a marca Transformers foi na verdade uma brilhante estratégia de marketing criada pela americana Hasbro que, ao querer trazer esses brinquedos da terra dos nipões (chamados lá de Diaclone e Microman) observaram que, por lá, eles nada mais eram do que “brinquedos” ou seja, um bonequinho dentro de uma embalagem com seu nome e alguma informação do tipo “carrinho que vira rôbo e vice-versa!”

Foi ai que os executivos da Hasbro sentiram a necessidade de criar uma  história de fundo ou como se diz hoje —  uma “narrativa” — tão boa que despertasse o desejo das crianças por esses novos personagens que foram praticamente reinventados para o mercado americano (tarefa por sinal realizada pela Marvel Comics) o que também envolveu a criação de HQs e até de um desenho animado.

A epopéia desse fenômeno de mídia (sob o ponto de vista dos seus criadores) é contado de maneira bem descontraída no segundo episódio da segunda temporada da série “Brinquedos que Marcam Época” disponível no Netflix:

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.