ZTOP+ZUMO

Hands-on: câmera digital Fuji X100s

(Atualizado e expandido) Anunciada no início deste ano, a Fuji X100s é uma versão atualizada da Finepix X100 original de 2010 que traz mais novidades por dentro do que por fora.

De fato, um usuário menos atento pode facilmente confundir os dois modelos se não fosse pela pequena letra “s” em vermelho no nome da câmera — logo acima do visor (acima) — e um segundo “S” visível um canto à direita da lente.

Fuji_X100s_front

Fora isso, na parte de trás, o botão que dava acesso ao controle de RAW foi substituído pela função Q (= Quick Menu)…

Fuji_X100s_back

…  uma idéia que nasceu originalmente na X10 e que dá acesso rápido a alguns comandos da X100s:

Fuji_X100s_Q_menu

Com isso, o menu de opções do botão DRIVE foi bem esvaziado, ficando assim mais simples e descongestionado:

Fuji_X100s_menu_DRIVE

Apesar de não ser novidade, uma sacada bem legal no design dessa câmera (que passou batido na última vez que a analisamos) é a presença de um pequeno ressalto entre as teclas que ficam a direita da tela LCD. Sempre achei que ela servia apenas para isolar o botão de Play, mas ao usar a X100s por algum tempo, notei que ela também serve como uma referência para o dedo polegar localizar o botão de Play (logo acima) e o AE/Zoom na imagem (logo embaixo) apenas com o tato, o que facilita muito o seu uso especialmente em locais escuros.

Fuji_X100s_ressalto

Com relação as suas especificações técnicas — se comparado com o seu antecessor — as principais mudanças na X100s são as seguintes:

1. Novo sensor de imagem APS-C X-Trans CMOS II de 16,3 megapixels (contra 12,3 MP da X100), o que permite capturar imagens de até 4.896 x 3.264 pixels. Segundo a Fuji — atualmente — o arranjo do array de filtro de cores montado no sensor de imagem (2) (o chamado Filtro Bayer) adota um padrão simétrico que pode levar a formação de efeito moiré e cores falsas. Para minimizar isso, utilizam-se filtros especiais (3) (chamados de Low-Pass) que, segundo a fabricante, levam à perda na resolução da imagem final.

Fuji_X100s_color_filter_old

Inspirada na disposição dos grãos de halogeneto de prata no filme fotográfico, a grande sacada da Fuji foi de mudar esse padrão de repetição de 2 x 2 pixels do filtro Bayer (acima) por um de 6 x 6 pixels (embaixo) onde as cores são distribuídas num padrão mais aleatório, reduzindo assim o efeito moiré.

Fora isso, ao garantir presença de um filtro R, G e B em todas as linhas de colunas desse novo conjunto, também reduz a formação de falsas cores. Tudo isso permitiu a remoção do filtro Low Pass, evitando assim perdas na resolução/qualidade de imagem:

Fuji_X100s_color_filter_new

Mas para isso, o processador de imagem da câmera também precisou ser reforçado para ser capaz de lidar com esse novo conjunto de 6 x 6 pixels, ao contrário dos arrays de 2 x 2 pixels do filtro Bayer. Para isso a Fuji desenvolveu um novo chip mais veloz — batizado de EXR Processor Pro II — que aparece pela primeira vez na X100s.

Com relação a sua sensibilidade ISO, o novo sensor chega a ISO 25.600 enquanto que a X100 chegava a 12.800. Isso pode parecer muito mas representa uma diferença de apenas um ponto de exposição.

2. Visor híbrido atualizado. Essa nova versão vem equipada com um novo visor eletrônico (EVF ) com resolução de 2.360.000 pontos (contra  1.440.000 pontos da X100).

3. Melhora no sistema de gravação de vídeo. Além de ter acesso a diversos ajustes de imagem (para fotos) no modo de vídeo, a X100s grava em HD 72o p a 24 qps e Full HD 1080p a 30/60 qps.

4. Novo mecanismo híbrido de foco por detecção de fase ou contraste mais veloz (~menos 0,08, segundo segundo a Fuji).

Para mim, o recurso mais curioso da X100s é o seu novo sistema de auxílio para o foco manual que utiliza um sistema de “bipartido digital” que lembra vagamente o sistema de foco das câmeras  SLR de filme. Por default essa opção fica desativada e pode ser encontrada no menu de Fotografia #3 na opção AUX. MF:

Fuji_X100s_menu_aux_mf_split

Quando ativada e colocamos a X100s no modo de foco manual, aparece na no centro da tela do visor um retângulo monocromático cuja imagem fica recortada por cinco faixas ou segmentos que ficam desalinhados quando a imagem está fora de foco.

Fuji_X100s_split_zone_unfocused

Mas a medida que ajustamos o foco, a tiras de imagem no quadrado cinza começam a se alinhar e quando ele fica perfeita a imagem está em foco. Esse recurso também funciona no visor híbrido 0 que torna a experiência de focar manualmente ainda mais parecida com as câmeras com telêmtero (rangefinder) que a X100s imita.

Fuji_X100s_split_zone_focused

Também existe a opção desse retângulo monocromático preencher toda a tela permitindo assim um ajuste fino mais preciso…

Fuji_X100s_split_full_unfocused

… da imagem.

Fuji_X100s_split_full_focused

Aqui uma demonstração desse sistema em ação. Note que é possível chavear entre os modos de tela com o sistema de auxílio de foco no modo normal ou ampliado, bastando apenas pressionar o botão de jog:

Fora isso, ainda existe um segundo sistema de auxílio ao foco descrito pela empresa como “Pico de Foco“.

Fuji_X100s_menu_aux_mf_Pico

E como isso funciona? Neste caso, mais ou menos como nas outras câmeras, ou seja, a medida que ajustamos o foco da lente chegamos ao ponto ideal…

Fuji_X100s_pico_full_unfocused

… a imagem fica mais nítida (duh!).

Fuji_X100s_pico_full_focused1

Porém, no modo de pico, nas áreas que estão em foco aparecem contornos na cor branca, o que pode parecer meio estranho à primeira vista, mas que fornece informações bem precisas do que está realmente em foco.

Fuji_X100s_pico_full_focused2

Um outro recurso não muito divulgado pela mídia é a inclusão de mais filtros criativos que aplicam efeitos especiais diretamente nas fotos capturadas e em tempo real.

Fuji_X100s_Filtro_avanc

Muitos desses  já são bem conhecidos — e até bem úteis — como o Foco Suave (Soft Focus):

Fuji_X100s_filtro_foco_suave

Tom Dinâmico (Dynamic):

Fuji_X100s_filtro_tom_dinamico

Tom Escuro (Low Key):

Fuji_X100s_filtro_tom_escuro

Tons Claros (Hi Key):

Fuji_X100s_filtro_Hi_Key

Filtro de Cores (Pop Art):

Fuji_X100s_filtro_popart

Efeito Miniatura:

Fuji_X100s_filtro_explosao_de_cor

Câmera de Brinquedo (Toy Camera):

Fuji_X100s_filtro_ToyCamera

Já um efeito que já vimos no passado (porém abordado de maneria diferente) é um efeito onde o usuário tem a opção de retirar todas as cores da imagem com exceção de uma, como o roxo:

Fuji_X100s_filtro_parcial_roxo

Azul:

Fuji_X100s_filtro_parcial_azul

Verde:

Fuji_X100s_filtro_parcial_verde

Amarelo:

Fuji_X100s_filtro_parcial_amarelo

Laranja:

Fuji_X100s_filtro_parcial_laranja

E Vermelho:

Fuji_X100s_filtro_parcial_vermelho

Com o preço sugerido de R$ 4.299, a X100s chega ao mercado custando um pouco menos que a X100 original (R$ 4.999). Mais informações no site da empresa.

Ainda em tempo:

Para aqueles interessados em conhecer mais sobre os recursos e o modo de operação da X100s recomendamos a leitura do nosso review da X100 publicado em julho de 2011.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.