ZTOP+ZUMO

Ford B-MAX: tem carro no meio dos smartphones

A Ford lançou um carro em um evento de celulares, tablets, foblets, infra-estrutura, redes e telecomunicações. Sim, um carro lançado durante o Mobile World Congress 2012. É o Ford B-MAX, primeiro veículo a ser vendido na Europa com a tecnologia Sync, para sincronizar ligações e músicas do smartphone – entre outras coisas. Fui lá ver de perto.

O Sync se conecta via Bluetooth ao celular, e permite usar comandos de voz em inglês, francês, espanhol, português (de Portugal), alemão, italiano, turco, holandês e russo. Dá para atender ligações enquanto dirige no viva-voz do carro (já vimos uma versão no Ford Fiesta Hatc  à venda no Brasil). Até então, existem mais de 4 milhões de veículos com o Sync nos Estados Unidos, mas é a primeira vez que o recurso é lançado na Europa – a meta da Ford é atingir 13 milhões de usuários do sistema até 2015 em seus carros.

Além disso, o B-MAX é ligado a um sistema de emergência: em caso de acidente, o veículo acessa o celular em uso e entra em contato com um serviço de emergência com a localização do incidente – um belo serviço integrado (e gratuito).

A Ford diz que o B-MAX é um “pequeno carro familiar”. Tem muito espaço interno, como dá pra ver nas fotos.

O volante tem controles de ligação e de música.

O console central do carro, com a tela LCD que mostra as informações do Sync.

Ao lado do câmbio e do acendedor de cigarros, uma porta USB e um conector padrão 3,5 mm: dá para ligar um iPhone ali também.

O que mais me chamou atenção no B-MAX é o sistema das portas, projetadas para permitir acesso amplo ao interior do carro:

As portas traseiras são deslizantes, como em uma van:

E a dianteira abre de modo convencional, mas com um ângulo maior. Não existe a coluna lateral do carro – e a Ford diz que é bem seguro em caso de pancada no lado. Dados técnicos sobre o Ford B-MAX aqui.

Bônus track: em janeiro, vimos o f, conceito de carro conectado, durante a CES. Agora, dá para entrar nele (e ver que é tudo… um conceito mesmo!) Pelo menos rende boas fotos:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Beraldo 28/02/2012, 12:31

    Acendedor de cigarros num carros dito ultra moderno? Me ajuda a

    • henriquem 28/02/2012, 12:36

      beraldo, na Europa as pessoas ainda fumam com certa liberdade…

      • dougbep 28/02/2012, 12:50

        E ainda la tem pais de primeiro mundo, aqui o pessoa usa isso para acender um "back"

      • mnagano 28/02/2012, 12:57

        E na Ásia em geral, incluindo países ultramodernos como o Japão.

  • Jorge Rocha 28/02/2012, 13:05

    Beraldo, estou contigo dentro do carro não é lugar de fumar, acendedor de cigarros prá que!!!!!!!!

    • iHimmler 01/03/2012, 11:51

      Essa resposta não é válida, pq seguindo a mesma linha de raciocínio não existe lugar certo pra fumar. Porém, eu, como fumante acho q posso fumar onde bem quiser, contanto que não incomode ninguém, como minha casa, meu carro, um espaço aberto em que não tenha pessoas próxima etc.

    • luis 16/03/2012, 11:21

      carregar celular poh…

  • Jan Cássio 29/02/2012, 01:29

    Me pergunto quem é o engenheiro que consegue pensar em um carro com tantos botões no painel.
    Não pensaram em nada mais complexo? Acho que não, porque não tinha mais espaço para colocar mais botões no carro.

    Montadoras com suas manias de século 20 querendo incorporar tecnologias do século 21.

  • @jin_brasil 02/03/2012, 00:02

    Interior é o mesmo da próxima geração do focus, que a Ford deve lançar aqui no Brasil até o final do ano, bem bacana. Inclusive a plataforma é a mesma se não me engano.