ZTOP+ZUMO

Números enormes: Sony Xperia Z Ultra

A Sony já flertava com os foblets (híbridos de smartphones+tablets) desde o lançamento dos Xperia Z/ZQ/ZL no começo deste ano, com suas telas de 5″ Full HD. Agora, o Xperia Z Ultra assume a identidade foblet com uma tela monstro de 6,4″ em um aparelho com apenas 6,5 mm de espessura e que pesa 212 gramas.

O que é bacana nele? Um processador Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2,2 GHz (!), 16 GB de armazenamento interno (+slot para cartões microSD), certificação IP55/58 (leia-se proteção contra água e poeira) e câmera de 8 megapixels capaz de fazer fotos e vídeos em HDR (como o irmãozinho Xperia ZQ), além de acabamento em vidro na frente e atrás do aparelho. Como um bom aparelho moderno, é incompatível com redes 4G brasileiras.

Tem recursos de reconhecimento de escrita (como um bom foblet) e é compatível com canetas stylus (mas não vem com uma).

Pra dar ideia exata do tamanho da tela (e de como ele é fino):

A tela de 6,4″ usa uma tecnologia que a Sony chama de Tri-Luminous com X-Reality (!). Da definição oficial: “A tecnologia de super resolução da tela analisa cada imagem e reproduz pixels que faltam para otimizar a qualidade em vídeos mais nítidos”  Em resumo, é uma tela que a Sony diz ser super nítida e com imagens definidas ao máximo.

 

Nada de preço ainda, mas a Sony afirma que o Xperia Z Ultra será lançado em todo o mundo a partir do terceiro trimestre. Curiosamente, a Sony mal cita Android no comunicado oficial, mas o Xperia Z Ultra roda Android 4.2.

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin