Display volumétrico cria hologramas em 3D

D

Tecnologia permite projetar imagens tridimensionais sobre superfícies planas no melhor estilo holocomunicador de Guerra nas Estrelas.

O NICT (National Institute of Information and Communications Technology) do Japão liberou ontem (21) um pequeno vídeo onde a diva virtual Hatsune Miku realiza um pocket show sobre uma tela fVisiOn, que utiliza uma tecnologia que permite apresentar imagens holográficas em 3D com “volume”. Quer dizer, dá para ver a imagem de diversos ângulos e sem o uso de óculos:

====
====

Esse dispositivo foi criado no Universal Media Research Center, localizado no Keihanna Research Labs em Kyoto, que estuda diversas tecnologias em 3D que dispensam o uso de óculos. A grande sacada nesse caso é que, ao contrário das atuais TVs 3D onde o efeito de profundidade só é obtido apenas quando o espectador fica na frente da tela, no sistema fVisiOn é possível ter uma visão do objeto em qualquer ângulo e de qualquer posição ao redor do mesmo.

Isso é possível graças ao uso de um dispositivo óptico na forma de um cone montado numa superfície plana e uma série de 96 micro-projetores organizados na forma de um círculo que projetam uma imagem. Essa imagem corresponde ao ângulo de visão do objeto diretamente no olho do usuário, passando a impressão de que o objeto é tridimensional. Se comparado com outros sistemas, o fVisiOn tem a vantagem de ser bem mais simples e a imagem 3D não precisa ser protegida por vitrines ou domos.

A tecnologia ainda tem algumas limitações. Por exemplo, o ângulo de visão deve ser de cima para baixo e a imagem não pode ter mais do que 5 centímetros de altura. Entre as possíveis aplicações dessa tecnologia está a prototipação de objetos e apresentação de produtos em reuniões de trabalho.

Tecnicamente é possível criar um sistema de maior escala onde o projetor poderia ser montado na base de um palco e projetar imagens de pessoas em tamanho real. Segundo o NICT ,é tudo uma questão de escala e de custo.

Se levarmos em consideração a popularidade de Hatsune Miku no Japão, não vão faltar espectadores dispostos a pagar por uma entrada.

Mais informações aqui.

 

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos