ZTOP+ZUMO 10 anos!

Para a Dell nos EUA, SDRAM e Intel Optane é tudo memória, né?

Nos EUA, a Dell vende o novo Inspiron 15 5570 em versões com 20 GB e 24 GB de “memória”, só que 16 GB disso é cache de disco.

Intrigados com a maneira com que a Dell está vendendo o Inspiron 15 5570 com e sem Optane no Brasil, fomos dar uma olhada no site da Dell nos EUA para ver como essa solução é tratada por lá — e o que notamos é que o 5570 é atualmente comercializado em pelo menos nove versões, sendo dois deles equipados com Intel Optane: Um modelo de entrada com Core i3 e um modelo mais avançado com Core i7:

Porém, a primeira coisa que nos chamou a atenção nessas duas ofertas é que eles destacam que esses sistemas vem com bastante muuita “memória” — ou mais exatamente 20 GB e 24 GB respectivamente — só que num segundo momento eles explicam que só uma parte menor dessa “memória” é SDRAM e o resto (16 GB) é memória Intel Optane, ou seja, cache de disco:

Apesar da Dell deixar isso bem claro em diversas partes desses anúncios que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, isso na nossa opinião pode levar a equívocos por parte de um comprador mais desavisado, já que ele pode entender que tudo é “memória RAM”.

Sinceramente, não acreditamos que uma empresa do porte da Dell tivesse o mínimo interesse de enrolar seus clientes, mas não há como negar que esse negócio de 20/24 GB de memória abre brechas para interpretações erradas e consequentes enganos. E ainda bem que o marketing da Dell no Brasil não caiu nessa.

Por outro lado, os anúncios acima também mostram uma visão para nós mais racional do uso do Optane, já que no primeiro caso, ele está sendo oferecido num sistema de entrada com Core i3 o que não deixa de ser uma interessante proposta de valor para um sistema focado num menor custo.

a segunda versão com Core i7 vem com 8 GB de RAM + Optane o que para nós também faz todo o sentido, já que ele se mantém dentro do padrão do mercado e ainda adiciona um novo recurso que pode representar uma melhor experiência de uso para o consumidor final.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.