Deu bode no Google (literalmente)

D

bodes-google_orig

Notícia off-topic para animar o começo deste sábado: o Google contratou duzentos bodes para cuidar da grama da sede em Mountain View, Califórnia. Mais especificamente, uma empresa que aluga bodes chamada California Grazing.

Não se sabe ainda se os bodes foram selecionados aleatoriamente ou tiveram de passar por seis ou mais entrevistas, testes, avaliações matemáticas e de engenharia, indicações de ex-chefes/colegas de trabalho nem se têm média 7,8 na faculdade e espírito empreendedor para poder trabalhar na empresa.

A ideia é que os bodes (e cabras) comam grama e gravetos do Google, substituindo cortadores de grama que usam gasolina e poluem o ar. Além de ter comida de graça (como um bom empregado do Googleplex), os bodes ajudam a fertilizar o solo (ops, sem comentários – mas isso não polui o ar também?). Os bichinhos passam uma semana (acredito que por mês) comendo a Google-grama, e Jen, um border collie, faz o trabalho de pastor.

O Google diz que alugar as cabras custa o mesmo que pagar para alguém usar o cortador de grama.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos