ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Desktops que não são brinquedo

Syntax Meninas SuperpoderosasJá de olho no perí­odo de vendas do final de ano – que engloba o dia das crianças e Natal – a Syntax Computadores anunciou uma nova linha de desktops com temas infantis, inspirados nos personagens do Cartoon Network.

A versão para meninas foi inspirado nas Meninas Superpoderosas (í  esquerda), enquanto que a versão para meninos vem com o personagem Ben 10 (abaixo).

O que mais me chamou a atenção para esse lançamento é a configuração dessas máquinas, que estão um pouco acima do que poderí­amos esperar de um modelo de entrada.

Ambos os modelos vem equipados com o novo processador Intel Pentium dual-core E2140 (1,6 GHz, 1.024 kb de cache L2, FSB de 800 MHz e suporte para 32/64 bits), 512 MB de memória DDR2, 80 GB de disco SATA, gravador de DVD, rede Fast Ethernet, gráficos integrados Via Chrome 9 HC IGP (expansí­vel até 256 MB), áudio VIA Vinyl Multichannel HD e modem de 56 kbps V.92.

Syntax Ben 10O sistema operacional é o Windows Vista Starter Edition e acompanha o produto um monitor LCD de 15″, teclado, mouse e caixa de som, todos também tematizados. Creio que, para rodar o Vista, 512 MB é pouca memória – 1 GB seria mais recomendável.

O preço sugerido para o usuário final ficará em torno de R$ 1.799, de acordo com a fabricante.

Henrique comenta: a Positivo também tem uma linha “kids”, só que com personagens Disney (Carros ou Princesas). Lá o processador é um Celeron D. Tem uma placa de ví­deo off-board pra jogos (isso é bom!).

Mario comenta: O modelo da Positivo vem com um chip Celeron D 331, ainda baseado no núcleo do Pentium 4 “Prescott” de 2,66 GHz, 256 MB de cache L2 e FSB de 533 MHz. Poderiam ter optado pela nova série 400, já baseado na microarquitetura Core.

Rigues comenta: Tsc, tsc, tsc… esses fabricantes… Estas máquinas seriam muito mais atraentes, sem falar que teriam desempenho muito melhor, com um Windows XP Home em vez do Vista Starter Edition. Mas fazer o quê, Vista é a moda… e as pobres criancinhas que sofram com o Starter Edition (ninguém merece).

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.