ZTOP+ZUMO 10 anos!

Depois do note de 100 dólares, aí­ vem o note de 100 libras!

elonex_one_intro.jpg

A britânica Elonex International desenvolveu um notebook “sub-100 libras” (menos de R$ 337) especialmente voltado para o setor de educação – o Elonex ONE – que será lançado oficialmente no próximo dia 28 de fevereiro na Education Show 2008.

A proposta desse produto é de trazer para a Europa a chamada computação de baixo custo, inicialmente para as escolas britânicas no melhor estilo “um laptop por aluno” mas com o potencial de expandir para outros segmentos como educação para adultos, aplicações de negócios, pessoas idosas e iniciantes no uso da web – caso do eeePC.

Não foram divulgadas informações técnicas sobre o produto, além do fato dele oferecer acesso í  Internet e dispor de aplicações básicas como e-mail, processador de texto e planilha. Pela imagem apresentada, ele não me parece ser um Classmate de roupa nova e sim um projeto baseado nos mesmos conceitos – leve compacto, LCD pequeno, sem unidade de CD – porém com um design próprio, na melhor tradição dos sóbrios computadores Ingleses como o Z88, da Cambridge, e o Quantum Leap, da Sinclair.

O que mais me chamou a atenção desse projeto é a presença de várias conexões na lateral do monitor, o que pode indicar que a placa-mãe do equipamento fica por trás da tela LCD e não sob o teclado. Essa solução já foi usada no passado pela Apple no Emate 300, como um meio de proteger a placa-mãe de certos riscos da profissão, como algum aluno desastrado derramar sua lata de refrigerante sobre o teclado.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Jaime Balbino 22/02/2008, 13:08

    A placa-mãe “colada” atrás da tela também é a solução do XO, da OLPC. Neste caso, somente o teclado e a bateria estão na parte inferior, poder-se-ia até, teoricamente, ligar só o monitor na fonte e uitilizar, se ele tivesse tela sensível ao toque.