ZTOP+ZUMO

Números enormes: ultrabook Dell XPS 13

A Dell já começou a vender no Brasil seu notebook XPS 13. O portátil, anunciado na CES 2015, é um dos modelos mais interessantes a surgir em ultrabooks nos últimos tempos.

Motivos? Uma tela de 13″ com resolução QHD+ (3200 x 1800) em uma estrutura enxuta equivalente a um notebook de 11″. E é o primeiro modelo a chegar ao mercado brasileiro com processador Intel Core i5/i7 de quinta geração “Broadwell” (ponto pra Dell por trazer o equipamento tão rápido para o país).

E, difícil dizer isso de um fabricante de PCs, mas o que é essa borda mínima na tela?

Impressionante o trabalho do time de engenharia e design da Dell nesse produto (em tempo: a webcam fica na parte inferior da tela, tá?) – a fabricante chama isso de “borda infinita“.  Seu chassi é feito em alumínio e fibra de carbono, com a tela protegida por Gorilla Glass – e é touchscreen.

dell xps 13 - 4

De resto, o Dell XPS 13 é um ultrabook ultrafino (9mm na parte mais fina) e leve (1,27 kg). A fabricante oferece opções com processador Core i5/i7, armazenamento SSD, até 8 GB de RAM, gráficos Intel HD 550 integrados, portas HDMI 1.4a, USB 3.0, mini DisplayPort, leitor de cartões SD e um conector para fone/microfone, além da webcam HD (1280 x 720). A bateria tem duração estimada de 11 horas.

As configurações do Dell XPS 13 estão à venda no site da fabricante por um preço inicial sugerido de R$ 6.999 (com Core i5) e R$ 7.299 (com Core i7).

[Dell]

dell xps 13 - 2

dell xps 13 - 3P1180467dell xps 13 - 5

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Christian_Silva 21/01/2015, 13:22

    Parece ótimo… mas ver computadores perto da casa dos 10 mil reais parece que se tornou algo comum e “aceitável”. A resposta para isso é: “next!”

    • Henrique Martin 21/01/2015, 23:18

      é o caso clássico de gato corre atrás do rato ou… da maçã! 😛

      • dflopes 22/01/2015, 10:09

        😀

        Agora falando sério, esse Dell veio com uma “taxa de conversão” de 5.61 (R$7.300/US$1.300).

        Até o MacBook Air de 13″ e SSD 256Gb (concorrente direto) tem uma “taxa” menos aviltante, de “apenas” 5.38 (R$7.000 ÷ US$1.200)

      • Rodrigo Menezes 10/10/2015, 11:41

        Por falar nisso, morderam a maçã não é mesmo!!!

  • dflopes 21/01/2015, 22:31

    eu tive um Dell XPS m1330 13″ Core2Duo e 2Gb RAM.
    Funciona até hoje na mão da atual proprietária, com Windows 7.
    Ou seja, são uns 6 anos de bons serviços.

    Eu não entendo como os atuais computadores de ponta podem chegar nesse valor absurdo. Na Amazon, o modelo com Core i7, RAM 8Gb, SSD 256Gb e touchscreen está US$1.300,00 – os R$6.200 (considerando dolar a 2.80, IOF de 6.038% e 60% de imposto de importação) ainda estão R$1.099 longe d9 preço oficial do Brasil.
    E não adianta a justificativa de imposto, pois já coloquei 60% na importação, coisa que empresa não paga tal montante, muito menos a Dell paga valor cheio na fábrica estadunidense.

    Mesmo dito isto, estou no meu 3° Dell (Pentium III Core2Duo e Core i5), e não troco (pprincipalmente pela assistência e pós-venda), Mas procuro SEMPRE o melhor custo beneficio.

    • Vagner "Ligeiro" Abreu 22/01/2015, 17:21

      Frete, “consultoria e despacho alfandegário”, lucro da empresa no país, custos de manutenção da empresa, etec…

      • Danilio Costa Silva 29/01/2015, 19:18

        Frete: possivelmente é produzido na China, ou seja fica praticamente o mesmo valor para levar aos EUA ou ao Brasil. O preço de US$ 1.300,00 já inclui “consultoria e despacho alf.” nos EUA, o aumento do preço de despacho já é incluido no imposto de importação mais caro do Brasil. O preço nos EUA já é com lucro, o preço de venda para as lojas é bem inferior a esse, fora que a Dell tem loja própria, o que reduz a perda com intermediárias. Custo de manutenção já são inclusos por padrão no preço do produto, o que seria similar aqui no Brasil ou nos EUA, já que a Dell tem uma boa estrutura aqui no país. Ou seja preço absurdo não se justifica, o preço mais condizente com a realidade deveria ser : R$ 4899,00 na versão básica. Nós Brasileiros é que ainda somos burros de pagar fortunas me produtos muito mais baratos no exterior (PS4 de US$400 = R$4000! iPhone 6 de US$650 = R$3.500! Só a titulo de comparação Moto X 2014 US$499 = R$1.499!!). Bem, obviamente são poucas aas pessoas que mesmo com esse dinheiro investiriam no XPS 13, já que fica até vantajoso comprar um Macbook, que custam menos que isso em algumas versões.

  • Geraldo Lopes 21/01/2015, 23:34

    .

    Todas as empresas aprenderam como esfolar o consumidor brasileiro. Começou com a Apple, com seus iTrecos com valores estratosféricos… e os brasileiros aceitam pagar. Então vieram as outras e estão seguindo a Apple, e o brasileiro… vai pagar.

    .

  • Jean 22/01/2015, 09:09

    Besteira, tenho um notebook da samsung com i5-3230m 2,6GHz, com 8gb de ram, 1 tera de HD e placa de video nvidia gt710m, com tela fosca anti reflexo, e pesa 700g a mais que o dell, Custou 1800 no wallmart, agora vc pega esse dell ai, 7mil e nem placa de vídeo dedicada tem.Oque diferencia esse dell do meu é só a resolução e as carcaça mesmo, pq até por dentro as peças são do mesmo fabricante. Não adianta falar de suporte e garantia pq mesmo que meu notebook estrague daqui 2anos, vale mais comprar outro, (provavelmente com os mesmos 1800 eu compro um notebook melhor ainda daqui 2 anos.) Do que pagar 7000 ter garantia, mas daqui uns anos ja ta defasado, custando menos da metade.

  • Lucas Lira Oliveira 22/01/2015, 12:30

    Design mais do mesmo…

  • Fabiano G. Souza (Nerdmor.com) 23/01/2015, 10:20

    Acho engraçado como o ZTOP publica uma notícia dessas sem tecer comentários sobre esse preço insano no Brasil. E porque a Dell não vai trazer o modelo de entrada? Incompreensível.

    • Henrique Martin 23/01/2015, 11:44

      jornalismo brasileiro de tecnologia (e mais notadamente blogs de tech) tendem a reclamar de preço por um simples motivo: não tem $ pra comprar os produtos, aí descem o pau no preço. estamos em 2015, um monte de gente com poder aquisitivo no país, com possibilidade de viajar e comprar fora (e os ricos cada vez mais ricos). não faz sentido ficar “oooh é caro”.

      • Fabiano G. Souza (Nerdmor.com) 23/01/2015, 12:44

        IMHO, se você esta analisando o lançamento no Brasil faz todo sentido do mundo analisar o custo-benefício no nosso mercado.

        • Henrique Martin 23/01/2015, 14:08

          fica difícil analisar custo-benefício com fotos feitas às pressas – e sem ao menos mexer no aparelho – durante uma feira e com fotos e informações de press release.

          • Fabiano G. Souza (Nerdmor.com) 23/01/2015, 14:51

            Aguardamos o parecer futuro do ZTop então.

          • Danilio Costa Silva 29/01/2015, 19:26

            Henrique, mesmo que o XPS 13 seja fod*, tenha um desempeno incrivel e tal, o máximo que ele pode valer é o valor dado pela fábricante, que nesse caso é US$1.300. O que pode-se discutir é a enorme diferença de preço entre o mesmo produto em dois mercados diferentes, mas com nivel de vendas muito bom. Mesmo com nosso “agradáveis’ impostos le não poderia custar mais de R$5.000 e isso com base no preço nos EUA, que já inclui o lucro da fabricante! Mesmo quem tem 5, 6 mil reais pode não achar caro, mas sabe que o custo x beneficio não vale o preço aqui no nosso país.