Corrente contínua direto da tomada de casa?

C

Panasonic_ACDC_Hybrid_Wiring_System

Durante a última CEATEC 2009 no Japão, a Panasonic apresentou uma iniciativa de eletrificação doméstica baseada num sistema híbrido que distribuiria tanto corrente contínua quanto alternada diretamente de tomadas na parede.

(Lá no céu dos inventores, Thomas Edson deve estar tirando uma do Tesla.)

Apesar de o sistema de Corrente Alternada (CA) oferecer grandes vantagens na distribuição de energia a grandes distâncias, ela funcionava muito bem na época em que foi concebida por Nikola Tesla no final do século 19, num mundo mais tocado por motores elétricos e lâmpadas incandescentes.

Já nos dias de hoje, com a popularização dos eletrônicos de consumo, praticamente todos eles trabalham com a boa e velha Corrente Contínua (CC), o que exige o uso de transformadores/conversores para CC (como o carregador do celular e do notebook) que perdem bastante energia nesse processo, o que não soa lá muito bem numa época de produtos verdes.

Segundo a Panasonic, com a entrada de novos sistemas de geração de energia para casas e prédios como coletores solares, baterias de armazenamento  e até mesmo células de energia domésticos (obviamente fabricados pela Panasonic) que já geram corrente contínua, torna-se interessante a possibilidade de distribui e consumir esse tipo de eletricidade diretamente da tomada.

Para viabilizar essa idéia a Panasonic propõe novas idéias como a iniciativa “AC/DC Hybrid Wiring System” desenvolvida pela sua divisão Panasonic Electric Works, que permite transmitir CC e AC pela mesma fiação da casa e propõe até o uso de um novo tipo de tomada de menor voltagem (24 ou 48 volts). A grande sacada desse sistema é que a CA ainda poderia ser usada em equipamentos de maior porte como geladeiras ou condicionadores de ar. Para mais informações sobre as iniciativas verdes do pessoal de Osaka clique aqui.

Em 1997 a Intel chegou a mostrar no IDF, uma iniciativa semelhante batizada de Direct DC que defendia a idéia de alimentar servidores diretamente com corrente contínua evitando que cada servidor tenha que ter sua própria fonte. Numa demonstração realizada na época, permitiu economias de até 14% no consumo de um rack de servidores em watts, o que deve ter soado como música nos ouvidos dos administradores de datacenters.

Outras empresas como TDK e Sharp também mostraram algumas soluções de geração de corrente alternada para uso doméstico, porém mais voltados para coleta de energia solar e armazenamento em baterias de íons de lítio.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos