ZTOP+ZUMO

Confirmado: o eBook da ASUS existe!

O Engadget acabou de postar uma nota originalmente publicada no Electricpig.co.uk que confirma a existência do DR-950, eBook da ASUS que flagramos na semana passada na CES 2010.

(Quem disse que não furamos a concorrência?)

Segundo o ElectricPig, o eBook da Asus virá equipado com uma tela de 9″ de 1024×768 pixels, 4 GB de memória interna, slot para cartão SD (yay!), porta USB e saída para fone de ouvido.

Ele virá com tradutor e leitor de texto (text-to-speech) embutido. Além disso ele terá suporte para redes Wi-Fi, HSDPA e até WiMax. Ele será compatível com os formatos PDF, TXT, Audible, MP3, ePub, HTML, JPEG, GIF, PNG e BMP. Ainda não se fala numa data de lançamento.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • dflopes 18/01/2010, 15:43

    Asus FTW!

    Só quem lançou o netbook e o seu EEE, e tem as melhores motherboards do mercado (IMHO) – tenho uma usando há 6 anos (isso mesmo, com um prescott 3,0 HT) – poderia me demover da idéia de comprar um Kindle (um colega iria para os states em março, ate lá, teremos mais noticias)

    E só faltou DOC e RTF. E se acessar a internet livremente, vera a cor do meu suado dinheirinho.

  • Wilmar 18/01/2010, 15:48

    Apesar do Kindle estar fazendo enorme sucesso, acho que somente irão decolar de verdade quando mostrarem imagens coloridas (poucos, caros demais, conseguem isso hoje), pois povão gosta mais de ver que ler.

    Abraços

  • Cícero 18/01/2010, 19:16

    Wilmar,
    posso estar enganado mas pelo que me consta Kindle nao irá decolar, pois de acordo com as vendas do Natal passado ele já decolou e digamos que está na crista da onda.
    Isso explica o interesse dos fabricantes de eletronicos querem uma bocadinha desse nicho.
    Ele nao faz sucesso nas terras brasilis, por exemplo, mas isso podemos justificar devido ao alto valor que chega para nós. Com um lançamento oficial esse problema talvez fosse minimizado. Pois com o preço elevado apenas os geek se interessam e nem a nata se sente atraída.

  • milton junior 27/01/2010, 23:15

    Eu venho sonhando com esses livros eletrônicos a anos muinto antes de eles existirem
    isso é o inicio de uma nova era e quando chegar as escolas e faculdades tera acabado a era
    do papel , a correção das provas sera feita por um computador via wirelles rsrsrs