ZTOP+ZUMO

Commodore 64 renasce como PC all-in-one

Depois de décadas, a Commodore USA LLC anunciou o lançamento de um novo computador que, fora seu desenho vagamente inspirado no clássico Commodore 64, não deixa de ser mais um PC all-in-one na praça.

Ao contrário do C64 clássico (baseado no processador MOS 6510), o novo Commodore (cujo sugestivo codinome é “Phoenix”) é um PC genérico baseado na plataforma Intel chipset G31 com soquete LGA 775, até 4 GB de memória DDR2 800 MHz e aceleradora gráfica Intel GMA 3100. O sistema ainda conta com duas portas SATA, porta de rede Gigabit Ethernet, mouse e teclado PS/2 (???), quatro USB 2.0, uma paralela, duas seriais, slot PCI e mini PCI-e (que pode ser usado para interfaces Wi-Fi), leitor de cartões de memória flash, slot para unidade de disco óptico de note etc.

O curioso é que esse produto aparentemente não oferece nenhuma compatibilidade de hardware ou mesmo de software com o C64 original. Ele pode vir com Windows 7 ou Ubuntu OS pré instalado ou o usuário pode optar por soluções mais exóticas baseadas no AMIGA OS como o Amiga EMU ou AROS, o que pode ser um atrativo para os fãs dessa marca já que para mim esse computador tem mais cara de Amiga 500 do que de C64.

Ah sim, o fabricante também insinua que seu produto aceita a instalação do Mac OS X o que permite o seu uso como um Hackintosh! (obviamente com os devidos alertas de que o usuário deve fazer isso por sua própria conta e risco).

Disponível nas cores prata e preto, este novo Commodore já está sendo vendido na forma de kit onde o usuário adquire a plataforma básica (ou barebone) por US$ 499 e vai adicionando os componentes adicionais de sua preferência como processador, memória, disco etc.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Ochato 29/03/2010, 13:19

    Isso aí serve pra montar uma central multimidia…

  • coi_c 29/03/2010, 14:00

    A ideia até que é boa mas, o design é horrível…

  • dflopes 29/03/2010, 14:51

    pq não usar um SSD?

    e está caro, e ainda deve ser pesado

  • Diego 30/03/2010, 12:57

    Ele funciona como teclado ou preciso ligar um nele? :S

  • Stanbr 30/03/2010, 14:17

    499 dolares?????????????????????????????????? Eles tão é loucos…

  • Luciano 30/03/2010, 21:08

    Huuummm…. Cadê a fonte?

    1o. De abril antecipado?

    • mnagano 30/03/2010, 22:01

      Nope, a fonte deve ser externa como nos notebooks.

  • Minoru 01/04/2010, 02:13

    nossa, sabia q jah tinha visto isso em algum lugar a algum tempo, o design deve ser de alguma empresa taiwanesa de OEM, pois o primeiro lugar que eu havia visto esse design foi a mais ou menos um ano e meio no site Cybernetman ( http://www.cybernetman.com/en/products/zero-footp… ). Bom se tiver a possibilidade de vir rodando o AMIGA OS que mal tem ^^

  • Francis 06/04/2010, 01:18

    mais fino, uma vga melhor, e saida hdmi, com uma modernizada geral no projeto seriam bem vindos.

    se eles fossem expertos(um dia vou ter minha empresa), poderiam ter pego um netbook com ion, arrancado a tela e lançado.
    ou ainda colocar um leitor bluray(em algum lugar), tornando-o uma excelente central multimidia.

    Porque a industria nao faz os produtos que precisamos/queremos ou que nos sejam uteis??
    Será que é tao dificil entender os anceios do mercado?
    Ficam lançado coisas malucas, ou "mais do mesmo" e que nem sabem pra que serve (ipad, wave).

    Alguem ai abra uma empresa e lance algum produto descente.