Como foi o eclipse no Monte Fuji?

C

Foi como um fim de semana da praia.” — Esse foi o comentário mais legal (ou seria sarcástico?) que ouvi da dupla de apresentadores (ao centro e à direita) ao final da a transmissão ao vivo o eclipse total do sol pela internet feito pela Panasonic lá no sopé do  Monte Fuji, que aconteceu na manhã da segunda feira no Japão (7:30 da noite de domingo aqui no Brasil).

Mas como todo programão de fim de semana, por mais que nos preparemos para tudo, sempre pode acontecer algo imprevisto — o que neste caso foi o mau tempo. O dia começou bem nublado na região e perto da hora do eclipse chegou até a chover no campo base…

… ao mesmo tempo que a expedição no topo da montanha enfrentava um tempinho nada agradável com neve, vento e um frio de 15 graus negativos:

De fato, a um segundo de começar o grande evento celestial, tudo parecia caminhar para um grande fiasco…

… se não fosse pelo fato da Panasonic ter se preparado para essa eventualidade e despachado (aparentemente na surdina) uma segunda equipe de filmagem para a região de Wakayama, onde as condições do tempo estavan menos piores e foi possível ter uma melhor vista do fenômeno — mas mesmo assim sob um céu cheio de nuvens.

Ufa, agora só daqui a 75 anos. Quem sabe até lá algum japonês invente uma máquina que controle o tempo, né? Em tempo: fotos incríveis do eclipse no The Atlantic.

 

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos