ZTOP+ZUMO 10 anos!

Coffee Lake: Intel anuncia Intel Core ix de oitava geração para desktops

Destaque para o primeiro Core i5 de seis núcleos na versão normal e destravada voltado para entusiastas, overclockers e gamers.

Conforme promessa de campanha e até bem mais cedo do que esperávamos (graças a alguém que não entende o que significa “embargo”), a Intel anunciou no domingo passado (24/set) a chegada dos seus novos processadores Intel Core ix de oitava geração (codinome Coffee Lake) para desktops:

No mês passado, a empresa já tinha anunciado as primeiras versões para notebooks (ainda baseadas no Kaby Lake) e agora a empresa se concentra nos mercado de mainstream/entusiasta com seis modelos, sendo três deles modelos de linha voltados para uso geral e produtividade e três destravados (versão K):


Já os modelos voltados para o segmento de volume devem chegar só no início de 2018:

Para nós a grande surpresa é o lançamento dos Core i5 8400 e i5 8600K, que são os primeiros chips Core i5 da história da empresa a vir equipados com seis núcleos físicos

… mas sem HT diga-se de passagem  já que tal recurso está disponível nos Core i7 8700 e i7-8700K. Completa a lista o Core i3-8100 e o Core i3-8350K, dois modelos quadcore também sem HT. Informações mais detalhadas podem ser encontradas aqui.

Junto com esses novos chips a empresa também anunciou uma nova plataforma de hardware feita sob medida baseada no novo chipset Intel Z370 que — como era de se esperar — também é compatível com as novas memórias Intel Optane.

Segundo a Intel, esse aumento no número de núcleos de processamento se justifica à medida que o multiprocessamento está se tornando uma tarefa crítica até mesmo para aqueles usuários que costumavam rodar apenas um programa por vez. O melhor exemplo são os gamers que hoje além de disputar uma partida ainda tem que gravar o jogo e transmiti-lo para a grande rede via streaming.

De fato, essa nova linha de chips — e em especial a série K — é mais voltada para o segmento de entusiastas como geradores de conteúdo, gamers e até overclockers e — como em outros lançamentos — a empresa destaca o significativo ganho de performance de seus novos chips se comparado com as gerações anteriores. Por exemplo, na edição de vídeos a diferenca pode variar de 32% se comparado com a geração anterior (Kaby Lake?) até 65% num sistema de três anos atrás.

A previsão é que mais de 50 placas-mãe de diversos modelos e fabricantes já estejam prontas ou já estão assando no forno para ficarem prontas até a época do lançamento do produto previsto para o próximo dia 5 de outubro de 2017 — por sinal do dia original da queda do embargo desse anúncio.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.