ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Clue (ou Detetive) leva pistas do crime ao sr. Mostarda por SMS

Eu adoro jogo de tabuleiro, apesar de fazer bem uns 12 anos que não encosto em um (mas adoro um adventure da Nancy Drew no PC). Tardes e noites divertidíssimas disputando Imagem e Ação, Master, Sherlock Holmes ou WAR (nesse caso, dias, e não horas) me fazem sempre passar os olhos com saudosismo pela seção de jogos das Lojas Americanas. Na faculdade, eu e meus amigos passamos tanto tempo com o Desafino que decoramos todas as músicas disponíveis. Aí chamávamos os bichos para jogar com a gente, só para humilhar.

Mas hoje em dia acho que pouca gente dá bola pra isso, né? Ainda mais com o Wii e o Guitar Hero para reunir a galera. Que graça tem ficar jogando dados, sorteando cartinha e parecer uma besta tentando, na mímica, fazer alguém adivinhar alguma coisa difícil como Madre Teresa de Calcutá?

Daí que o pessoal da Hasbro teve a ideia brilhante de trazer alguma coisa do cotidiano dos atuais adolescentes para o mundo do tabuleiro: o SMS. E logo no Clue (o nosso Detetive), que é um dos maiores clássicos do setor – Senhorita Rosa, com o castiçal, na biblioteca!

A próxima versão do jogo – CLUE: Secrets & Spies, que sai no segundo trimestre nos EUA, vai passar dicas e missões para os jogadores por mensagem de texto. E em bom internetês: mEt agnt mtard in Moscow w microcs! (ou: Meet Agent Mustard in Moscow with the microchips!). E como agora os personagens não são mais suspeitos, mas sim espiões internacionais (o Coronel Mostarda virou Agente Mostarda, e o Professor – ops, Agente – Black é o vilão da vez), a coisa toda fica muito mais com cara de Missão Impossível. Será que a Estrela traz essa versão pra cá?

A Hasbro prometeu que vai manter o serviço de SMS no ar até, pelo menos, 31 de dezembro de 2011. Mas quem se recusa a jogar algo que vem com dados e pecinhas facilmente perdíveis mesmo que dê para usar o celular não precisa ficar sem jogar o velho e bom Detetive: nos EUA, o game tem uma versão para PC também.

  • Em tempo: A Estrela perdeu TODOS os direitos dos jogos e brinquedos da Hasbro por uma razão muito simples. Desde o final do ano passado a Hasbro abriu um escritório no Brasil (mais precisamente na Berrini) e diz que vem com tudo para 2009.
    Reparem que nas lojas de brinquedos já está a venda o Detetive com o nome original (Clue) com o selo da Hasbro. A Estrela lançou um jogo diferente com o mesmo nome pois tem os direitos da marca “Detetive” no Brasil.
    Ela lançou também os “novos” Comandos em Ação, que nada mais são que action figures chinas com outro nome. Os verdadeiros se chamam G.I.Joe nos EUA e serão relançados (leia-se importados) pela Hasbro aproveitando o lançamento do filme live-action.
    Outra curiosidade: Isto aconteceu também com os Transformers, mas como na época a Estrela não “traduziu” o nome, acabou ficando sem ela hoje. Os Transformers vendidos atualmente são importados pela Hasbro. Restou a Estrela ressucitar a marca Mutante (utilizado pela Glasslite em 1985) utilizando brinquedos “genericos” (um tal de X-Bots)…

  • Tem razão, Celso.
    É que ontem, quando estava escrevendo o post, fiz uma busca virtual pelo Clue e não o encontrei para vender em nenhuma loja virtual, nem informação da Hasbro em português sobre o jogo, então achei que a entrada dela no mercado brasileiro ainda fosse demorar um bocado. Realmente, os brinquedos da Estrela estão indo de mal a pior. Passaram longe de me chamar a atenção lá nos Armarinhos Fernando quando eu fui comprar os presentes de Natal da sobrinhada…