ZTOP+ZUMO

[CES 2015] As TVs rodam sistema de smartphone

Num passado não muito distante, WebOS, Tizen e Firefox eram apenas sistemas operacionais voltados ao mundo dos smartphones. Na CES 2015, as TVs agora rodam esses sistemas, e a vida do consumidor fica um pouco mais fácil ao operar sua televisão inteligente.

1) LG e WebOS

A decisão de comprar os restos do WebOS da HP e adaptar para suas smart TVs deu muito certo para a fabricante coreana, que lança na CES 2015 sua segunda geração de modelos com uma versão atualizada do WebOS 2.0. Vale ressaltar que a LG é a única das três fabricantes citadas nesse post que faz demonstrações de recursos ao vivo na feira.

lg webos 2 -1

A primeira grande mudança (choque!) é que o controle remoto minimalista das TVs 2014 cresceu para incluir um teclado numérico e um útil botão “voltar”, um pedido dos consumidores.

lg webos 2 -2

Segundo a LG, o Web OS 2.0 está mais rápido (também graças a processadores mais rápidos dentro das TVs) e pequenas mudanças foram feitas para deixar o sistema – um favorito deste ZTOP – ainda mais simples para todo mundo. A interface principal de serviços está mantida, mas agora o lado esquerdo da tela mostra informações de outras fontes de imagem (seja um DVD ou o Netflix, por exemplo).

lg webos 2 -3

Outra mudança boa foi deixar a interface em meia tela  – canais, recomendações, serviços premium etc -, deixando a programação rodando atrás.

lg webos 2 -4 lg webos 2 -5

Falando em velocidade, a transição mais perceptível na bagunça da feira é ver que você pode arrastar os ícones do menu de forma realmente mais rápida.

lg webos 2 -8 lg webos 2 -6

Além disso, um novo menu de configurações rápidas também fica do lado direito da tela.

lg webos 2 -7

A LG deve lançar modelos com WebOS ainda este ano no mercado brasileiro. Não tenho dados sobre upgrade de modelos antigos.

2) Panasonic e Firefox OS

A Panasonic anunciou a integração do Firefox OS – baseado em HTML5 e pronto para a maior parte das plataformas de comunicação, de smartphones a TVs – em apenas um modelo da linha LifeScreen (CX350) de 65″. A única TV em demonstração rodava um vídeo em loop, sem dar muitos detalhes.

panasonic firefox - 1 panasonic firefox - 2 panasonic firefox - 3

3) Samsung e Tizen

Era uma vez um sistema operacional baseado em Linux chamado Maemo, criado pela Nokia, que se fundiu com o Moblin, da Intel, e juntos passaram a adotar o nome civil de MeeGo. MeeGo, pai solteiro do filho único Nokia N9,  pegou fogo com a plataforma da Nokia e ressurgiu das cinzas como Tizen, prontamente adotado pela Samsung.

Reza a lenda que a Samsung iria adotar o Tizen como substituto do Android, mas isso não aconteceu ainda. Pelo menos na CES 2015 a Samsung disse que suas novas TVs vão adotar o Tizen como plataforma principal de Smart TVs.

A Samsung não fez demos públicas, mas tinha vários modelos com vídeos em loop demonstrando o que será o sistema. Pra mim, lembra bastante o WebOS 🙂

 

samsung tizen - 1Menu principal:

samsung tizen - 2

Biblioteca de mídia:samsung tizen - 3

Apps:samsung tizen - 4

Canais:
samsung tizen - 5

E configurações:

samsung tizen - 6 samsung tizen - 7 samsung tizen - 8

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • JorgeM.S 08/01/2015, 14:47

    E a Android TV?

    • Mario Nagano 08/01/2015, 15:12

      Android TV estará nas TVs da Sony.

    • Albert R. Carnier Guedes 16/03/2015, 14:42

      E nas da Philips e AOC também.

  • arlindo ferreira 11/01/2015, 08:46

    É muita tecnologia para uma televisão.

  • Gabriel Rodrigues. 12/01/2015, 10:44

    O Canal Pela Lente de Um iPhone listou os 05 Produtos mais inovadores da CES 2015. Espero que gostem!
    https://www.youtube.com/watch?v=RBufn0ssQh0&feature=youtu.be

  • Albert R. Carnier Guedes 16/03/2015, 14:45

    WebOS, o melhor sistema para embarcados de todos. LG já garantiu um cliente só de ter colocado ele nas TV’s. Quando a Palm ( então comprada pela HP ) o fez em 2010 não tinha android e iOS era só um zigoto. Foi o melhor software que a HP tinha em mãos e jogou no lixo. Se não fosse a LG nunca veríamos essa obra prima de sistema em produtos comerciais.