CES 2011: IRIS é conceito da Asus para o futuro

C

Todo fabricante gosta de dar aquela viajada básica no que pode acontecer no futuro. Microsoft, Nokia, Samsung, todo mundo quer mostrar que sabe o que virá por aí. Desde o ano passado a Asus tem mostrado o que seus designers imaginam para o futuro. E o IRIS  – Inspirational Research For Immersive Space, ou pesquisa inspiradora para espaço imersivo – é o esforço mais recente nesse sentido.

Link para o vídeo

Um único dispositivo tem um gerador holográfico e fica conectado o tempo todo. Esse mesmo dispositivo pode ser carregado por aí, como um relógio. E esse dispositivo pode ser redimensionado, de acordo com a necessidade do usuário para, por exemplo, agir como telefone. E o mesmo gadget é reconfigurável para outras funções, como player de mídia e tela de trabalho.

Estamos ainda a algumas décadas de coisas como holografia funcional em aparelhos tão pequenos – isso só acontece com enormes máquinas em poucos laboratórios – e a tecnologia de nano-polímeros reconfiguráveis está apenas engatinhando, imagine então essa tecnologia capaz de oferecer imagens de qualidade e superfície sensível ao toque…

Link para o vídeo

Ano passado, também durante a CES a Asus também mostrou o conceito Waveface, tão viajante e empolgante quanto o IRIS.

Mas o IRIS é um conceito factível, talvez para 2050. O interessante é que os designers da Asus, depois dessas viagens futurológicas, implementam alguns dos conceitos em produtos reais. É viagem, mas não deixa de ser muito bacana.

Sobre o autor

Jô Auricchio, editor convidado

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos