Celular velho vai para a gaveta, não para reciclagem

C

Todos os cachorros merecem o céu, mas nem todo celular vai para reciclagem. É o que diz um estudo global da Nokia: só 3% dos aparelhos são destinados para reciclagem. O resto fica jogado na gaveta mesmo. (bem, eu repasso pro Nagano ou familiares mesmo, mas isso é outra história).

O estudo global foi feito com 6.500 pessoas em 13 paí­ses, incluindo o Brasil. Entre as conclusões está o fato de que 3 em 4 pessoas nem pensa que celular é algo que pode ser reciclado. E quase metade nem sabe que existe isso. Cada pessoa, em média, teve cinco aparelhos até hoje. 3% apenas afirmaram que reciclaram seu celular, 4% jogaram no lixo e 44% deixaram o telefone jogado num canto. Outros 25% deixaram o aparelho com parentes ou amigos e 16% venderam, fato mais marcante em paí­ses emergentes.

A pesquisa mostra também uma contradição na cabeça do consumidor: 72% sabem que reciclar é bom para o meio ambiente, mas 74% nem pensam em reciclar efetivamente seu celular. A culpa fica na falta de informação sobre o tema.

No Brasil, eu sempre vejo lojas de operadoras, alguns bancos e supermercados com campanhas de reciclagem de baterias, porém nunca de celular.  Ano passado, quando este Zumo esteve no Japão, eu vi a preocupação dos fabricantes de eletrônicos de consumo em reciclar seus produtos Fato curioso: a Nokia afirma que 80% de qualquer aparelho fabricado por ela pode ser reciclado.

Nagano comenta: Eu tenho uma teoria que o brasileiro ainda tem um grande respeito por produtos eletrônicos. Por aqui, se você joga fora uma TV funcionando chamam você de doido, mas muita gente ao está nem ai com a quantidade de comida ainda boa que vai pro lixo. Acredito que essa sensação de “desperdí­cio” também existe com os celulares que ainda funcionam.

Assim eu acho que, por aqui, as pessoas estariam mais propensas a doar seus celulares para reutilização (como o Henrique faz com os editores de testes mais necessitados) do que simplesmente entregar o produto para ser “quebrado” e desmontado, por mais ecologicamente correto que isso seja.

Taí­ uma idéia interessante para as operadoras ou mesmo alguma ONG.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos