ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

CEATEC 2010: Lumix 3D chega ainda em 2010

CEATEC 2010 – É curioso ver como a cada contato que temos com a nova lente Lumix G 12,5 mm 3D descobrimos mais detalhes ficando cada vez mais pronta para sua estréia no mercado ainda em 2010 (na câmera Lumix GH2).

Mais do que ficar apenas babando em cima da lente, tive a oportunidade de conversar com alguns executivos da Panasonic responsáveis pelo desenvolvimento desse produto e que nos revelou mais detalhes dessa lente e de outros que podem estar por vir:

A primeira coisa que perguntei foi por que a nova lente 3D não é compatível com os atuais modelos como a G1, GH1, G10 e GF1 e o que nos foi explicado é que o firmware que faz o tratamento em 3D é relativamente grande, de modo que ele não caberia na memória flash disponível nesses modelos mais antigos. Isso explica porque essa lente funciona com a GH2 e com a G2 por meio de uma atualização de firmware, ou seja, sorry rapeize…

Outra questão que levantei era se existem outras lentes com suporte em 3D e o que me foi explicado é que o efeito 3D funciona bem apenas em alguns casos, em especial nas lentes grande-angulares. No caso das teles esse efeito não é tão evidente, já que a teleobjetivas tendem a achatar a perspectiva das imagens colocando tudo no mesmo plano. Desse modo a empresa não vê muitas perspectivas no desenvolvimento de mais lentes 3D para câmeras reflex.

E isso significa que a Panasonic não lançaria mais nenhuma câmera em 3D? Não necessariamente… Entre uma conversa e outra com outro executivo, o que deu para entender é que os próximos passos estarão na direção contrária, ou seja de oferecer produtos mais acessíveis o que pode ser feito na forma de uma câmera de bolso com lente fixa que poderia estar no mercado já em 2011.

Quando perguntei se a solução nesse caso estaria numa câmera com duas lentes como no modelo da Fuji, ele disse que essa é uma possibilidade (uia!)

E se isso se confirmar, não se esqueçam que leram isso primeiro no Zumo. 🙂

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.